Fonte: OpenWeather

    Acessibilidade


    Comissão debate ações do Governo para ampliar acesso à internet

    Audiência vai debater uso do dinheiro doFundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações para universalizar a internet

     

     

     O objetivo da audiência é debater as ações empreendidas pelo governo federal no campo da qualidade da internet e na inclusão digital da população brasileira.
    O objetivo da audiência é debater as ações empreendidas pelo governo federal no campo da qualidade da internet e na inclusão digital da população brasileira. | Foto: Divulgação

    Brasília - A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle realizará audiência pública nesta quinta-feira (15) sobre o tema "Inclusão Digital da População Brasileira". O principal objetivo deve ser discutir maneiras de facilitar acesso à internet no país. 

    Foram convidados o secretário de Infraestrutura Hídrica, de Comunicações e de Mineração da Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU), Uriel de Almeida Papa; e o superintendente de Controle de Obrigações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Gustavo Santana Borges.

    O deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), que propôs a realização da audiência, disse que o objetivo é debater as ações empreendidas pelo governo federal no campo da qualidade da internet e na inclusão digital da população brasileira.

    Recursos do Fust

      Segundo o deputado, notícias veiculadas na mídia mostram que uma parcela da população está à margem do acesso digital, e outra parcela com acesso à internet sofre com a qualidade baixa do sinal. "Em paralelo a essas dificuldades veiculadas, o site da Anatel informa uma arrecadação média anual do Fust (Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações) entre 2018 e 2020 próxima a um bilhão de reais".  

    Para Ribeiro, o debate entre o TCU e a Anatel vai oferecer informações sobre o estado atual do acesso à internet no País.

    *Com informações da Câmara

    Leia mais:

     Após aumento na gasolina, políticos do AM cobram Governo Federal

    'Imposto sobre o pecado' sofre reprovação por políticos do AM

    Sem Bolsonaro, motociata segue confirmada para este sábado em Manaus