Fonte: OpenWeather

    Eleições


    “Não sei se vou disputar as eleições do ano que vem”, diz Bolsonaro

    Apesar disso, Bolsonaro segue em ritmo de campanha, e vem tentando afastar acusações de campanha eleitoral antecipada.

     

    Sem fazer parte de siglas partidárias no momento, o presidente explicou que vem conversando com diferentes siglas sobre uma possível filiação, mas ainda não há certeza sobre seu destino. Dentre as legendas, Bolsonaro cita o Progressistas.
    Sem fazer parte de siglas partidárias no momento, o presidente explicou que vem conversando com diferentes siglas sobre uma possível filiação, mas ainda não há certeza sobre seu destino. Dentre as legendas, Bolsonaro cita o Progressistas. | Foto: Agência Brasil


    Brasília - Em entrevista à Rádio Cidade Luiz Magalhães, da Bahia, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta quarta-feira (28), que não sabe se vai disputar as eleições de 2022. O mandatário afirmou ainda que deve disputar o pleito, mas que não pode garantir. Apesar disso, Bolsonaro segue em ritmo de campanha, e vem tentando afastar acusações de campanha eleitoral antecipada.

    Sem fazer parte de siglas partidárias no momento, o presidente explicou que vem conversando com diferentes siglas sobre uma possível filiação, mas ainda não há certeza sobre seu destino. Dentre as legendas, Bolsonaro cita o Progressistas. 

    "

    Eu tenho que ter um partido político. Eu não sei se vou disputar as eleições do ano que vem. Devo disputar, eu não posso garantir. E temos conversado com vários partidos, entre eles o partido do Progressistas, ao qual eu integrei por aproximadamente 20 anos, ao longo de 28 em que fui deputado federal "

    , relatou.

     

    Durante a entrevista, o chefe de Estado ainda enfatizou que o resultado do pleito do próximo ano será passível de questionamento caso o voto impresso não seja aprovado. Há meses, Bolsonaro tem viajado pelo país para inaugurar obras e participar de eventos políticos, como as motociatas.

    Na madrugada desta quarta-feira, o Diário Oficial da União (DOU) oficializou o novo comando da Casa Civil sob o senador Ciro Nogueira (Progressistas-PI), presidente do partido.

    *Com informações do Metrópoles

    Leia mais:

    Com legislativo inerte, amazonenses não alcançam Olimpíadas

    Ministério Público denuncia vereador que ameaçou servidor no Amazonas

    Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil