Fonte: OpenWeather

    STF


    "E o bonito não faz nada?" diz filha de Jefferson sobre Bolsonaro

    A prisão preventiva do ex deputado Roberto Jefferson movimentou o cenário político no país e cobranças foram feitas ao chefe do executivo

     

     

    A cobrança de Cristhiane sobre Bolsonaro remonta a uma declaração do próprio Presidente da República sobre o Supremo
    A cobrança de Cristhiane sobre Bolsonaro remonta a uma declaração do próprio Presidente da República sobre o Supremo | Foto: Divulgação

    Brasília - A filha de Roberto Jefferson (PTB), ex-deputada federal Cristhiane Brasil, pressionou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após a prisão do pai. Na visão dela, com o avanço das detenções da ala conservadora da política, o próximo poderá ser o líder da República.

    Presidente nacional do PTB e aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Roberto Jefferson foi preso  preventivamente, nesta sexta-feira (13), pela Polícia Federal por suspeita de envolvimento com uma milícia digital que atua contra a democracia.

      A cobrança de Cristhiane sobre Bolsonaro remonta a uma declaração do próprio Presidente da República sobre o Supremo. Em 28 de maio de 2020, após operação policial ordenada pelo STF que atingiu aliados bolsonaristas no inquérito das fake news, Bolsonaro afirmou que não haveria um dia como o 27 de maio, em que ocorreu a operação. "Não teremos outro dia como ontem, chega".  

    Na sequência, Bolsonaro disse: "Acabou, porra!" "Respeito o STF e respeito o Congresso. Mas para esse respeito continuar sendo oferecido da nossa parte, tem que respeitar o Poder Executivo também", disse Bolsonaro à época.

    *Com informações do Uol

    Leia mais:

    Ministério Público do Rio pede prisão da ex-deputada Flordelis

    Deputado Zé Ricardo vota contra “MP da Minirreforma Trabalhista”

    Prefeito de Manacapuru firma contrato com investigado pelo MPAM