Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Casa Civil diz que jogadores argentinos entraram de maneira irregular

    Em nota, órgão confirma que coube à Anvisa executar a norma estabelecida em portaria e chancelada pelo Ministério da Saúde

     

    No comunicado, o órgão destaca que não houve nenhum tipo de pedido excepcional que garantiria a entrada dos atletas.
    No comunicado, o órgão destaca que não houve nenhum tipo de pedido excepcional que garantiria a entrada dos atletas. | Foto: Divulgação


    Brasília - A Casa Civil divulgou uma nota, na tarde desta segunda-feira (6), afirmando que os quatro jogadores argentinos, que atuam na Inglaterra e participariam da partida contra o Brasil pelas Eliminatórias nesse domingo (5), sem seguir o protocolo de saúde estabelecido, entraram no país de maneira irregular.

    No comunicado, o órgão destaca que não houve nenhum tipo de pedido excepcional que garantiria a entrada dos atletas.

    "

    No caso dos jogadores argentinos, cabe esclarecer que não houve qualquer solicitação de excepcionalidade anterior ao voo de entrada dos jogadores no Brasil, impossibilitando qualquer tipo de atuação da Casa Civil "

    , informa o documento.

     

    A nota ainda afirma que, com a entrada irregular, coube à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) executar a norma estabelecida na Portaria 655, chancelada pelo Ministério da Saúde, destacando ainda o alerta feito pela Anvisa à Conmebol sobre a impossibilidade de os jogadores atuarem contra o Brasil nesse domingo (5).

    *Com informações do Metrópoles

    Leia mais:

    Ex-presidentes e políticos de 26 países alertam contra manifestações

    "Serei o candidato de Bolsonaro no Amazonas", diz Coronel Menezes

    131 atos contra Bolsonaro estão marcados para dia 7 de setembro; veja

    <<<<<<< HEAD ======= >>>>>>> e5a666b371d90e4920345db9572e28a6ed1fabe8