Fonte: OpenWeather

    Vacinação


    Ministério da Saúde aprova dose de reforço para profissionais de saúde

    A pasta federal já havia anunciado reforço na imunização contra a Covid-19 para idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos

     

     

    | Foto: Divulgação

    Brasília - O Ministério da Saúde aprovou, nesta sexta-feira (24), a administração da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em profissionais de saúde. Para este grupo, a indicação é que a fórmula inoculada seja preferencialmente da Pfizer. A aplicação extra deve acontecer a partir de seis meses após o ciclo de imunização ser concluído.

      Em agosto, a pasta federal anunciou reforço na imunização contra a Covid-19 para idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos. A aplicação extra contempla pessoas imunossuprimidas que tomaram a segunda dose ou dose única há pelo menos 28 dias.  

    Para idosos acima de 70 anos, a recomendação é que o ciclo vacinal tenha sido concluído há seis meses. De acordo com a orientação do Ministério da Saúde, o reforço vale para quem tomou qualquer fármaco usado na campanha contra a Covid-19.

    Segundo dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM), a aplicação da dose de reforço da vacina contra o novo coronavírus, em campanha destinada aos idosos, já começou em 60% das cidades brasileiras.

    *Com informações do Metrópoles

    Leia mais:

    MPSP cria força-tarefa para investigar denúncias da Prevent Senior

    Beto D'ângelo é investigado por superfaturar kits humanitários

    Eduardo Bolsonaro diz que está com Covid-19

    <<<<<<< HEAD ======= >>>>>>> e5a666b371d90e4920345db9572e28a6ed1fabe8