Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Câmara exigirá passaporte da vacina na volta ao trabalho presencial

    A Câmara dos Deputados suspendeu as atividades remotas e retornará às atividades presenciais na próxima segunda-feira (25)

     

    | Foto: Reprodução


    Brasília - Com retorno presencial programado para a próxima segunda-feira (25), a Câmara dos Deputados instituiu que os servidores terão que apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19 na volta ao trabalho. A prática é conhecida como passaporte da vacina.

    A mesa disse que, entre outras medidas, será exigida apresentação do passaporte da vacinação para entrar nas dependências da Casa.

      “Serão tomadas todas as medidas administrativas e sanitárias no retorno das atividades, entre elas, a apresentação da carteira de vacinação”, adiantou Lira no Twitter. O presidente da Câmara, no entanto, não informou se a exigência valerá também para os deputados.  

    Os trabalhos presenciais na Casa foram suspensos em março do ano passado, em razão da pandemia de covid-19. Desde então, as atividades têm sido realizadas de forma híbrida. No final do mês de setembro, Lira chegou a anunciar que a Casa retornaria às atividades presenciais no dia 18 de outubro, mas a decisão foi adiada.

    *Com informações da Agência Câmara de Notícias

    Leia mais:

    Câmara retornará às atividades presenciais na próxima semana

    “Câmara não está contra governadores”, diz Lira sobre fixação do ICMS

    Lira adia votação da PEC acusada de interferir no Ministério Público