Fonte: OpenWeather

    Desfiliação


    Vereador Thammy Miranda deixa PL após filiação de Bolsonaro

    Em vídeo para anunciar a decisão, vereador disse que já sofreu ataques da família do presidente

     

     

    | Foto: Divulgação

    Brasília (DF) - O vereador Thammy Miranda vai deixar o Partido Liberal após a filiação de Jair Bolsonaro à sigla. Eleito em São Paulo pelo PL, ele usou as redes sociais, nesta quarta-feira (1) para anunciar a decisão.

    “Com a ida do presidente ao Partido Liberal, partido do qual eu faço parte, estou dando entrada na minha desfiliação. Eu vou sair do partido”, informou.

    Em um vídeo, o vereador justificou a posição tanto pelo conflito de ideias quanto por ataques pessoais que recebeu da família Bolsonaro.

    "A gente tem ideias diferentes e já sofri ataques pessoais de membros da família do presidente, inclusive contra meu filho quando ainda era recém-nascido".

    Thammy não citou para qual partido pretende ir, mas garantiu que seguirá atuando na política. “Vou seguir fazendo o trabalho pelo qual fui eleito, sem me preocupar com partido, mas de olho no que as pessoas precisam”, concluiu.

    *Com informações do Terra

    Leia mais:

    Projeto propõe campanha contra trabalho análogo a escravidão

    De olho na reeleição, Bolsonaro oficializa filiação ao PL

    Articulista do Em Tempo receberá a Medalha de Ouro Cidade de Manaus