Fonte: OpenWeather

    Eleições


    Eleição 2022: Lula lidera todos os cenários, diz nova pesquisa

    Segundo o levantamento da Genial/Quaest, o presidente Jair Bolsonaro aparece na segunda colocação, seguido pelo ex-juiz Sérgio Moro

     

    | Foto: Divulgação

    Em nova rodada de pesquisa da consultoria Quaest, divulgada nesta quarta-feira (8), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confirma o favoritismo nas intenções de voto para 2022 mesmo com a entrada do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) ao xadrez eleitoral. O petista lidera todos os cenários de primeiro turno, quando soma 46% das intenções de voto e vence todos os adversários nas simulações do segundo.

      Moro, por sua vez, aparece novamente em terceiro lugar com 10%, superando o pedetista Ciro Gomes, que tem 5%. O ex-juiz, no entanto, ainda está longe de alcançar o segundo colocado, o presidente Jair Bolsonaro (PL), que aparece com 23%.  

    O ex-capitão já esteve em melhor momento. O desempenho ruim na economia, assim como uma queda de popularidade registrada nos últimos meses, desidratou a sua votação nas últimas pesquisas. O mesmo cenário pode ser observado em simulações de outros institutos e consultorias.

    Na Quaest desta semana foram medidas as intenções de votos em quatro cenários eleitorais de primeiro turno. Lula varia pouco em todos eles. Veja os números:

    Cenário 1

    Lula (PT) – 46%

    Bolsonaro (PL) – 23%

    Moro (Podemos) – 10%

    Ciro (PDT) – 5%

    João Doria (PSDB) – 2%

    Rodrigo Pacheco (PSD) – 1%

    Felipe D’avila (Novo) – 1%

    Cenário 2

    Lula (PT) – 47%

    Bolsonaro (PL) – 24%

    Moro (Podemos) – 11%

    Ciro (PDT) – 7%

    Cenário 3

    Lula (PT) – 48%

    Bolsonaro (PL) – 27%

    Ciro (PDT) – 8%

    Pacheco (PSD) – 2%

    Cenário 4

    Lula (PT) – 47%

    Bolsonaro (PL) – 27%

    Ciro (PDT) – 7%

    Doria (PSDB) – 5%

    Na etapa final da eleição, Lula também confirma o favoritismo, variando de 53% a 58% das intenções de voto a depender do adversário.

    Contra Bolsonaro, o petista teria 55%, enquanto o ex-capitão teria 31%; Contra Moro, Lula fica com 53% contra 29% do ex-juiz; Na disputa com Ciro, o ex-presidente fica com 54%, superando os 21% do pedetista; Já contra Doria, Lula marca 57% e o tucano apenas 14%; Pacheco tem um desempenho ainda pior: fica com apenas 13% contra 58% do petista.

    Bolsonaro, por sua vez, não venceria ninguém em um segundo turno. Seu ex-ministro Moro superaria ele na disputa com 34% contra 31% do ex-capitão. Ciro se sairia um pouco melhor, superando Bolsonaro por 39% contra 34% do atual presidente.

    A pesquisa Quaest foi realizada com base em 2.037 entrevistas presenciais entre os dias 2 e 5 de dezembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais e o índice de confiança é de 95%.

    *Com informações da Carta Capital. 

    Leia mais 

    Simone Tebet é pré-candidata à Presidência pelo MDB

    Triplex do Guarujá: MPF pede arquivamento de investigação contra Lula

    De olho na reeleição, Bolsonaro oficializa filiação ao PL