Fonte: OpenWeather

    Política


    Aleam aprova resolução que cria cargos voltados à segurança do órgão

    Segundo Neto, o amento do efetivo dá devido o aumento da estrutura física da instituição – foto: Alberto César

    O primeiro ato da nova presidência da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), tomado ontem (7), foi em causa própria. Os deputados aprovaram projeto de resolução da mesa diretora que cria mais três cargos visando a segurança da instituição.

    O ato vai resultar na cessão de mais dois policiais militares à casa. Atualmente, o Legislativo estadual possui um quadro de 26 militares que prestam serviços no órgão.

    A aprovação permite que sejam criados um cargo de assistente militar, um de assistente militar adjunto, e um de diretor de segurança legislativo. As funções militares deverão ser exercidas por policiais militares.

    Já a Diretoria de Segurança Legislativa, composta por três gerências, sendo uma de Segurança do Plenário, uma de Segurança Orgânica e uma de Prevenção a Sinistro, devem ser exercidas por um servidor efetivo.

    Para o presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PSD) o projeto trata de uma parceria entre a Assembleia, Polícia Militar e Secretaria de Segurança Pública (SSP). A justificativa defendida pelo parlamentar para o aumento do efetivo de militares se dá devido o aumento da estrutura física da instituição.

    Josué explicou ainda que os policiais que acompanharem os deputados estaduais em visitas ao interior, automaticamente terão a obrigação de fazer um relatório sobre a segurança do lugar que visitou. “A cooperação acontece, pois, quando eles trouxerem as informações tudo será passado para a SSP e para a coordenação da PM”, explicou.