Fonte: OpenWeather

    Política


    Mesmo licenciados, parlamentares recebem promoção da Polícia Civil

    Sabino foi promovido a investigador de primeira classe – arquivo EMTEMPO
     
    Mesmo fora das funções na Polícia Civil do Amazonas, o deputado federal Sabino Castelo Branco, a deputada estadual Vera Lúcia Castelo Branco, ambos do PTB, e o vereador Roberto Sabino (PRTB) foram promovidos este mês a níveis de carreira mais elevados.
    Eles estão licenciados há vários anos, mesmo assim, foram beneficiados pelo critério de tempo de permanência na polícia. Sabino, que entrou na Polícia Civil em janeiro de 1988, foi promovido a investigador de primeira classe, com salário de R$ 4,5 mil.
    Roberto Sabino, antes investigador de primeira classe, subiu para classe especial e tem salário de R$ 6 mil. Vera Lúcia, mais antiga na instituição, era delegada de primeira classe e foi promovida à classe especial, com vencimentos acima de R$ 13 mil.
    A lista com 928 policiais civis promovidos saiu dia 5, no Diário Oficial do Estado (DOE). O documento foi assinado pelo chefe da Casa Civil, Raul Zaidan, que acatou manifestação da Procuradoria Geral do Estado (PGE).
    O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Amazonas (Sinpol-AM), Moacir Pimentel, explicou que os três parlamentares não recebem salários, mas estão à disposição da Polícia Civil. Eles foram promovidos pelo critério de ‘antiguidade’.
    “É um direito legal adquirido por eles, dado o tempo de atuação na Polícia Civil. Assim que deixarem a atividade parlamentar e decidirem voltar à polícia, os vencimentos já estarão reajustados”, explicou.
    O plano de cargos e salários da Polícia Civil envolve quatro níveis de carreira. A lista de promoções beneficou delegados, escrivães, investigadores, peritos criminais e peritos legistas.
    Segundo Moacir, havia 1,2 mil policiais à espera de promoção, no entanto, havia vagas para 928. A escolha dos promovidos de cargo foi feita por uma comissão formada por representantes da Delegacia Geral da Polícia Civil do Amazonas e dos sindicatos das categorias de investigador, delegado e perito.
    Nessa lista, mais da metade foi promovida. A menor parte ganhou a promoção por merecimento, ou seja, quando o policial civil se destaca no trabalho ou alcança níveis acadêmicos. Procurados pela reportagem, Sabino, Roberto Sabino e Vera Lúcia Castelo Branco não foram localizados para falar sobre o assunto.