Fonte: OpenWeather

    Política


    Deputados vão acionar MPE e TCE contra Adail Pinheiro

    Segundo os parlamentares, Adail celebrou vários contratos sem licitação – foto: divulgação
     
    O presidente de Frente Parlamentar Mista de Combate à Corrupção do Congresso Nacional, deputado Francisco Praciano (PT/AM), e o deputado José Ricardo (PT) prometem protocolar, nesta segunda-feira (18), representação no Ministério Público Estadual (MPE) e no Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) contra atos do prefeito da cidade de Coari, Adail Pinheiro.
    O político realizou várias dispensas de licitações com o objetivo de favorecer amigos e correligionários no município.
    Em 45 dias, depois de decretar situação de emergência em Coari, o Adail Pinheiro (PRP) celebrou vários contratos sem licitação com empresas de amigos e correligionários, no valor de quase R$15 milhões, com o objetivo para a aquisição de material de consumo; fornecimento de sistemas de folha de pagamento; combustível, serviço de transporte emergencial de pacientes, recursos humanos; serviços de hospedagem, fornecimento de refeições, fornecimento de faixas.
    Para Praciano, o Decreto de Situação de Emergência pode ter sido usado com má-fé por Adail, já que a prefeitura de Coari gastou quase R$ 1 milhão e 800 mil para contratar banda de musica e trio elétrico para realizar o carnaval da cidade. “Uma cidade com grande problemas emergenciais  não gastaria muito dinheiro com bandas de música”, disse.