Fonte: OpenWeather

    Presidente Figueiredo


    TRE mantem cassação de prefeito e vice-prefeito de Figueiredo

    Com o novo recurso, o TRE decidiu pela manutenção inicial da sentença

    Conforme a secretaria judiciária do órgão, com sentença mantida, ainda deve-se decidir sobre a manutenção da chapa no cargo.
    Conforme a secretaria judiciária do órgão, com sentença mantida, ainda deve-se decidir sobre a manutenção da chapa no cargo. | Foto: Fabiane Morais

    Manaus - O Diário Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) desta quinta-feira (3), mostra que a corte eleitoral manteve a sentença inicial em que cassava os mandatos do prefeito e do vice-prefeito de Presidente Figueiredo Romeiro Mendonça (PDT) e Mário Abrahão (PDT), respectivamente.

    Conforme a secretaria judiciária do órgão, com sentença mantida, ainda deve-se decidir sobre a manutenção da chapa no cargo. 

    O documento afirma que por maioria e em consonância com o parecer ministerial, o TRE optou pelo não conhecimento do recurso interposto pelo Ministério Público Eleitoral em provimento de recurso interposto pelo Diretório Municipal do PTdoB, a fim de julgar procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) e restabelecer a sentença proferida de 26 de setembro. 

    O secretário judiciário do TRE, relembra que neste caso, o juiz eleitoral havia acatado os recursos do prefeito ainda em 2017, que havia sido dada como improcedente, o que afastaria a cassação. "Mas com o novo recurso, o TRE decidiu pela manutenção inicial da sentença", afirma Walber.