Fonte: OpenWeather

    Contas do Estado


    Vídeo: mesmo com o aumento da receita, Governo tem que conter despesas

    Indicadores fiscais do segundo quadrimestre apresentados na Aleam apontam que a maior fonte de despesa do Governo foi com o funcionalismo público: 51,11% do total, sendo que o limite é de 49%

    Assista à reportagem | Autor: Samara Maciel/TV Em Tempo

    De acordo com o levantamento, mesmo com o aumento da receita, o governo  do Amazonas ainda precisa conter as despesas
    De acordo com o levantamento, mesmo com o aumento da receita, o governo do Amazonas ainda precisa conter as despesas | Foto: Reprodução TV Em Tempo

    Manaus - Na manhã desta quarta-feira (9) foi promovida uma audiência pública pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam-AM) para discutir a atual situação das contas do Estado.

    O Amazonas apresentou, até agosto, um aumento de arrecadação de mais de R$ 400 milhões. A receita estadual ficou em R$ 7 bilhões contra R$ 6 bilhões e 600 mil no mesmo período do ano passado.

    No primeiro relatório de 2019 foi destacado a necessidade do reequilíbrio das contas públicas para evitar atrasos salariais, déficit que poderia passar de  R$ 1 bilhão até o fim deste ano.

    A audiência desta quarta-feira é uma exigência da lei de responsabilidade fiscal, que obriga a Secretaria de Fazenda (Sefaz) a divulgar a situação fiscal do Estado no quadrimestre anterior. Para os governistas, o relatório apresentado pela Sefaz foi positivo.

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista à reportagem | Autor: Samara Maciel/TV Em Tempo
     

    Texto Web: Bruna Oliveira