Fonte: OpenWeather

    Emenda de Eduardo Braga


    UBS de Manaus receberão câmaras de conservação

    Os equipamentos serão adquiridos pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) com recursos de R$ 742,5 mil viabilizados por meio de emenda impositiva ao Orçamento de autoria do senador Eduardo Braga (MDB/AM).

    Os equipamentos serão adquiridos nos próximos meses pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) com recursos de R$ 742,5 mil viabilizados para a Prefeitura da capital por meio de emenda impositiva ao Orçamento Geral da União de autoria do senador Eduardo Braga (MDB/AM)
    Os equipamentos serão adquiridos nos próximos meses pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) com recursos de R$ 742,5 mil viabilizados para a Prefeitura da capital por meio de emenda impositiva ao Orçamento Geral da União de autoria do senador Eduardo Braga (MDB/AM) | Foto: Divulgação

    Manaus - A partir deste ano, 45 Unidades Básicas de Saúde (UBS) instaladas em Manaus, contarão com câmaras frias para conservação de imunobiológicos para as salas de vacinação. Os equipamentos serão adquiridos nos próximos meses pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) com recursos de R$ 742,5 mil viabilizados para a Prefeitura da capital por meio de emenda impositiva ao Orçamento Geral da União de autoria do senador Eduardo Braga (MDB/AM).

    O dinheiro foi transferido pelo Ministério da Saúde para o município nos dias 23 e 30 de dezembro, em duas parcelas de R$ 544,5 mil e R$ 198 mil, respectivamente.

    De acordo com a assessoria de Comunicação da Semsa, atualmente a estrutura da saúde municipal conta com 231 UBS nas zonas urbana e rural. Com as câmaras frias, as 45 unidades passam a ter equipamentos necessários para conservação adequada de imunobiológicos.

    Originalmente, a emenda impositiva do senador Eduardo Braga contemplava a construção de uma UBS no bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus.

    Por conta da falta de adequação do projeto de estrutura da unidade, a Semsa apresentou novo plano de trabalho substituindo a UBS pela aquisição de câmaras frias de conservação de vacinas para todas as unidades básicas de Manaus. A proposta foi aceita pelo Ministério da Saúde e, a partir deste ano, será executada.

    O senador Eduardo destacou que, além da conservação, os equipamentos hospitalares garantir a segurança dos imunobiológicos na própria UBS.

    “As câmaras garantem, não apenas a conservação, mas também a segurança das vacinas. Isso vai gerar um agendamento integral no calendário de vacinação no sistema de saúde básica de Manaus. Com isso, vamos garantir um maior número de pessoas cobertas com todas as vacinas nos bairros da capital”, observou

    Qualidade

    A câmara de conservação é um equipamento que possui alto desempenho, eficácia, segurança e qualidade no sistema de armazenamento de vacinas, imunobiológicos e termolábeis garantindo as características originais dos medicamentos com calibragem de temperaturas. Ela atende as exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

    A Semsa informou que as UBS contempladas serão: Anna Barreto; Arthur Virgílio; Augias Gadelha; Balbina Mestrinho; Castelo Branco; Deodato de Miranda Leão; Alfredo Campos; Antônio Reis; Djalma Batista; José Amazonas Palhano; José Antônio Silva; José Rayol dos Santos; Luiz Montenegro; Raimundo Franco de Sá; Ivone Lima dos Santos; Josephina Melo; Fátima Andrade; Gebes Medeiros; Geraldo Magela; Japiim; Leonor de Freitas; Lindalva Damasceno; Maria Leonor Brilhante; Megumo Kado; Mj PM Sávio Belota; Morro da Liberdade; Petrópolis; Santa Luzia; São Francisco; Theodomiro Garrido; Theomário Pinto da Costa; Vicente Pallotti, Vila da Prata.

    Nas quatro zonas de Manaus também serão contempladas as UBS L32; N01; N02; N03: N05; N51; O01; O07; O10; S01; S12 e S43.