Investigação


MP arquiva inquérito que cita aliança de Melo com FDN

Conforme denúncia oferecida, Melo teria sido eleito, em 2013, por meio de favores com facção, no Compaj

Inquérito Civil  contra José Melo foi arquivado por falta de elementos mínimos, para comprovar aliança com FDN
Inquérito Civil contra José Melo foi arquivado por falta de elementos mínimos, para comprovar aliança com FDN | Foto: Divulgação

Amazonas - O Inquérito Civil que investigava a suposta aliança do governador cassado José Melo com a facção criminosa Família do Norte (FDN) nas eleições 2014, foi arquivado pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) e publicado, no o Diário Oficial do órgão, no dia 10 de janeiro.

Conforme denúncia oferecida, Melo teria sido eleito, em 2013, por meio de favores com facção no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em troca de apoio político no ano seguinte.

A procuradora Jussara Pordeus, relatora do inquérito, concluiu que “não há elementos mínimos para comprovar a suposta aliança para comprovar o elemento subjetivo para configurar ato ímprobo.” Os membros do Conselho Superior do MP-AM seguiram o voto da relatora e o inquérito foi arquivado por unanimidade.