Fonte: OpenWeather

    SUFRAMA


    Câmara Federal homenageia 53 anos da Zona Franca

    Deputado federal Alberto Neto foi autor da propositura de homenagem à ZFM na Câmara dos Deputados em Brasília

    Superintendente da SUFRAMA, Coronel Menezes ao lado do Presidente da Rede de Comunicação Em Tempo, Otávio Raman Neves.
    Superintendente da SUFRAMA, Coronel Menezes ao lado do Presidente da Rede de Comunicação Em Tempo, Otávio Raman Neves. | Foto: Divulgação


    Manaus -  Câmara dos Deputados, em Brasília, homenageou, nesta quarta (11), em Sessão Solene, os 53 anos da Zona Franca de Manaus (ZFM), com a presença do Superintendente da SUFRAMA, Coronel Menezes, além de deputados e diversas autoridades do Amazonas, dentre eles, o Presidente da Rede de Comunicação Em Tempo, Otávio Raman Neves.

    Durante o discurso na bancada dos deputados federais, o Superintendente apresentou os projetos executados em 2019. “Essa foi uma oportunidade de mostrar nosso trabalho à frente da Zona Franca e os resultados obtidos para nossos apoiadores, investidores e deputados, como o faturamento que foi fechado em 2019, o maior nos últimos 32 anos. Faturamos mais de R$ 104 bilhões. Esse montante permitiu que a atividade econômica do Estado do Amazonas ficasse cinco vezes maior do que a média nacional, gerando  92 mil empregos”, afirma Coronel Menezes. 

    O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto, defendeu investimentos que proporcionem maior distribuição das riquezas entre os municípios do Amazonas. De acordo com ele, a ZFM é responsável por 92% da 

    moeda que circula na capital e no Amazonas, com a preservação de 97% da floresta. No entanto, para ele, o modelo não conseguiu distribuir riqueza em todo o Estado. “Dos 61 municípios, 8% são carentes. O modelo não distribuiu a riqueza para o interior do Amazonas”, afirmou, ao defender mais investimentos e alternativas econômicas para o interior. “Essa é pauta do ministro da economia, Paulo Guedes, do presidente Jair Bolsonaro, da Suframa e de todos os homens que são a favor da riqueza e renda do povo do Amazonas e brasileiro”, disse Josué Neto.

    O propositor da Sessão Solene, capitão Alberto Neto (Republicanos), exaltou a iniciativa. “Nossa colaboração pode ser decisiva para um país que quer se tornar desenvolvido, justo, economicamente pujante e equilibrado”, disse.

    A solenidade contou com a presença também do presidente da Câmara de Dirigentes e Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), Ralph Assayag, deputado federal Átila Lins (PP), Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa, representando o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, dentre outras autoridades.