Fonte: OpenWeather

    Tecnologia


    Segurança do Amazonas usará tecnologia para reduzir criminalidade

    Wilson Lima estuda implantar ‘Cerco Inteligente de Segurança’ em Manaus

    Wilson Lima estuda implantar ‘Cerco Inteligente de Segurança’ em Manaus | Foto: Diego Peres/SECOM

    Manaus - O governador do Amazonas, Wilson Lima, reuniu-se nesta sexta-feira (13) com o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, e com autoridades estaduais e municipais de segurança em Vitória, capital capixaba. Durante o encontro, que contou, ainda, com a presença do secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, e do secretário de Administração Penitenciária, coronel Marcus Vinicius, Wilson Lima conheceu o projeto que reduziu os índices de roubo de carros e a criminalidade na região.

    O sistema, denominado “Cerco Inteligente de Segurança”, é uma barreira eletrônica de alta tecnologia que monitora 15 pontos da sede administrativa, contendo 32 faixas, com reconhecimento ótico, capazes de identificar todos os veículos que passarem pelos pontos da barreira.

    “Fiquei muito impressionado com tudo o que vi aqui. Você tem a noção do quanto essa ferramenta ajuda na questão da diminuição do índice de criminalidade, sobretudo no furto de veículos. Tem muitas coisas em que Vitória e Manaus são parecidas, a gente tem como dividir a cidade, colocar esse cerco eletrônico. É uma ferramenta que podemos levar para o Amazonas, para a capital, para reduzir o número de roubos e furtos de veículos e, também, ajudar na resolução de outros crimes”, ressaltou o governador.

    Combate à criminalidade

    O sistema tem ajudado na segurança pública com a prevenção e combate à violência, permitindo o monitoramento de todos os veículos que chegam ou saem da cidade, apurando quais foram furtados ou roubados ou que apresentam restrições e estejam circulando.

    “Nós temos essa ferramenta que é usada pelas outras instituições, a guarda municipal utiliza, polícias Militar, Civil e Federal. É uma ferramenta de integração. Não adianta você ter uma ferramenta e ela não ser utilizada. Então, nos interessa que seja utilizada pela maior parte das instituições, e fazemos fé que o Amazonas consiga implantar isso em Manaus e em outras cidades do estado, porque certamente vai provocar uma grande redução de crimes”, salientou o coronel Fronzio Calheira, secretário de Segurança de Vitória


    *Com informações da assessoria.