Fonte: OpenWeather

    Saúde pública


    Senador Eduardo Braga volta a cobrar medidas firmes contra Covid-19

    Para o parlamentar, as medidas anunciadas pelo governo federal ainda são tímidas diante da gravidade da pandemia

    As medidas anunciadas pelo governo federal ainda são tímidas diante da gravidade da pandemia | Foto: Divulgação

    Manaus - O senador Eduardo Braga (MDB/AM) voltou a mostrar preocupação quanto ao efeito negativo da pandemia mundial do novo coronavírus ─ Covid-19 ─ na economia do Brasil e na vida dos brasileiros. O parlamentar reforçou a cobrança ao governo federal para que aplique medidas de curto prazo para conter o avanço da doença no país.

    De acordo com Braga, as medidas anunciadas semana passada pelo ministro da Econômica, Paulo Guedes, “ainda são muito tímidas” diante da gravidade da pandemia, matando mais de 5 mil pessoas no mundo. No Brasil, 234 casos foram confirmados e outros 2 mil suspeitos de contaminação. No Amazonas, uma pessoa foi diagnosticada com a doença. “A situação é séria e precisa de um enfrentamento mais firme das autoridades. Espero que os comandos façam a sua parte. Da nossa, estamos fazendo no Senado”, reforçou o senador, que é líder do MDB no Senado.

    No entendimento de Eduardo Braga, o coronavírus tem dois impactos negativos: O primeiro é na economia, com a bolsa de valores caindo de 116 mil pontos para pouco mais de 74 mil pontos. “Isso é grave porque tem um efeito devastador na vida das pessoas. As indústrias da China, fundamentais como fornecedoras de componentes para a Zona Franca de Manaus, só retomou suas atividades nesta semana, e ainda muito timidamente”, disse o parlamentar.

    Do ponto de vista econômico, é grave e o Brasil precisa anunciar medidas de curto prazo. Ainda são tímidas as medidas do governo federal, anunciadas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, reafirmou o senador amazonense.

    Segundo o parlamentar, do ponto de vista da saúde, o ministro Luiz Fernando Mandetta tem demonstrado preocupação. Braga disse que o Brasil está com tempo para se preparar. “E espero que as autoridades façam a sua parte. De nossa partem já falei desta a semana passada ao ministro Mandetta que pode contar com o MDB no Senado para fazer as mudanças que são necessárias”, disse o senador.

    Eduardo Braga disse em reunião com Presidente, Jair Bolsonaro, sobre a medida provisória repassando R$ 5 bilhões para a saúde pública brasileira. Com esse recurso, o senador disse que espera que o Ministério da Saúde reforce nos próximos dias a saúde pública, tanto na capital quanto no interior do Amazonas.


    *Com informações da assessoria.