Fonte: OpenWeather

    Imposto


    Cidade pede prorrogação ao pagamento de tributos

    Os empresários e comerciantes de forma geral poderão ficar impossibilitados de pagar os tributos federais, estaduais e municipais

    A indicação favorece empresários e comerciantes nesse período do coronavírus | Foto: Divulgação/Aleam

    Manaus - Foi apresentado durante a sessão plenária on-line da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), pelo deputado estadual Roberto Cidade (PV), na manhã desta terça-feira (24), a indicação dos pagamentos de tributos federais, estaduais e municipais.

    Os reflexos na economia e rotina dos brasileiros, devido às medidas adotadas para conter a disseminação do Covid-19, são uma das preocupações de todos os contribuintes. Na justificativa, o parlamentar lembrou que as medidas adotadas para conter o vírus, entre elas, a suspensão das atividades presenciais a exemplo do fechamento de bares, restaurantes, hotéis, o comércio em geral, de uma certa forma, implicará na inadimplência desses tributos, uma vez, que os empresários e todo o setor precisam da livre circulação de pessoas, para o andamento dos negócios e lucros.

     

    “Deixar de honrar imposto, prejudica ainda mais a vida empresarial, pois as sanções são muito rigorosas, e num momento tão delicado que passa nosso País, um empresário fechar as portas contribui ainda mais para o caos”, defendeu deputado.

    Roberto Cidade destacou ainda que a quarentena vai conter grande parte dos serviços de pessoas autônomas, microempreendedores e empresários, mas que as contas não vão estar suspensas. Daí a importância de prolongar o prazo dos tributos e tentar assim, impedir que essas empresas quebrem e coloquem em risco dezenas de empregos.

    A indicação vai ser encaminhadas para o Governador Wilson Lima, Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro e ao Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

     *Com informações da assessoria.