Fonte: OpenWeather

    Política


    Hora antes de depoimento, Bolsonaro chama Moro de 'Judas'

    Sergio Moro será ouvido pela Polícia Federal neste sábado (2)

     depoimento de Moro foi determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello
    depoimento de Moro foi determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello | Foto: REUTERS/Adriano Machado

    O presidente Jair Bolsonaro, em post no Twitter, chamou seu ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro de “Judas” na manhã deste sábado (2). O vídeo intitulado “Quem mandou matar Bolsonaro?”, em referência à facada que levou de Adélio Bispo durante a campanha eleitoral de 2018. “Os mandantes estão em Brasília?”, escreveu em seu perfil no Twitter. “O Judas, que deporá, interferiu para que não se investigasse?” Moro é esperado na sede da Polícia Federal em Curitiba hoje para prestar depoimento sobre as acusações, feitas por ele ao anunciar que estava deixando o governo, de que Bolsonaro tentou interferir no trabalho da PF.

    O depoimento de Moro foi determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, relator da investigação. Nesta sexta-feira, ele deferiu pedido formulado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, e designou três procuradores indicados pela PGR para acompanhar o depoimento do ex-ministro.

    *Com informações da Veja