Fonte: OpenWeather

    PREVENÇÃO


    Reizo solicita retorno da vacina contra o HPV nas escolas municipais

    Pedido do vereador, para vacinação dentro das escolas, leva em consideração a baixa adesão nos postos de saúde

    Vacinação contra o HPV é obrigatória no calendário municipal a partir de lei de autoria de Reizo Castelo Branco | Foto: Divulgação

    Manaus - O vereador Reizo Castelo Branco (PTB) encaminhou requerimento à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), solicitando o retorno da vacina, gratuita, contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV) nas escolas municipais. O pedido foi aprovado na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta terça-feira (23), durante a sessão plenária virtual. A vacina contra o HPV foi retirada das escolas desde 2014.

    A Lei número 311, de 28 de agosto de 2012, de autoria do parlamentar, obriga a vacinação contra o HPV no calendário de vacinas de Manaus, pois o câncer de colo de útero é um dos que mais mata mulheres em nosso Estado. O HPV é um vírus altamente contagioso e muito comum, e, por isso, o cuidado deve ser redobrado, a fim de que não haja contágio entre os jovens e adolescentes, principalmente porque não há comprovação de que o uso de preservativo seja suficiente para a prevenção dessa infecção.

    Reizo ressalta a importância de que todos os estudantes, contemplados pela Lei, sejam vacinados contra o HPV. “Recebi esse pedido da Dra. Mônica Bandeira de Melo, uma das médicas que mais se preocupa com a proliferação do vírus HPV, um dos responsáveis pelo câncer de colo de útero nas mulheres de nosso Estado. Por isso, ela pede, incisivamente, o retorno da vacina do HPV para as escolas, tendo em vista a baixa adesão nos postos de saúde. A vacina é a melhor forma de prevenção e ela é gratuita”, afirma o vereador.


    *Com informações da assessoria