Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Manaus sem registros de morte por Covid-19 nas últimas 24 horas

    Segundo a FVS- AM, a letalidade do Covid- 19 no Amazonas está em queda, porém ainda é necessário redobrar os cuidados de prevenção

    Manaus - A edição mais recente do boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), divulgada nesta quarta-feira (24/06), apontou que, em 24 horas, nenhum óbito confirmado por Covid-19 foi registrado em Manaus, até às 10h de ontem. O governador Wilson Lima destacou a informação em vídeo divulgado nas redes sociais, ressaltando que o momento é de redobrar os cuidados de prevenção ao novo coronavírus. Segundo a FVS-AM, a letalidade teve queda, saindo de 8,9%, no dia 19 de abril, para 4,06% no dia 24 de junho.

    Wilson Lima também reforçou o compromisso de continuar os trabalhos para reduzir os impactos da pandemia. “Apesar da dificuldade que temos na área de saúde, em nenhum momento, o Estado se furtou e nós estivemos sempre na linha de frente no combate à Covid-19, e é assim que nós vamos continuar até que a gente tenha superado esse problema”, completou.

    Os boletins epidemiológicos divulgados pelo Governo do Estado são consolidados diariamente às 10h e levam em conta dados inseridos em sistemas, como o e-SUS Notifica e o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM). A FVS esclarece, ainda, que o sepultamento por Covid-19 registrado pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), na quarta-feira (24/06), já havia sido contabilizado no boletim epidemiológico do dia 23 de junho.

    Letalidade em queda - O último boletim da FVS também mostra uma queda significativa na taxa de letalidade pelo novo coronavírus no Amazonas, um indicativo da redução de óbitos pela doença em comparação com o número crescente de casos confirmados. No dia 19 de abril, a letalidade registrada no estado era de 8,9%, enquanto no dia 24 de junho, a taxa estava em 4,06% - uma redução de 4,84% em pouco mais de dois meses.

    Diversas ações do Governo do Estado vêm contribuindo para a queda sucessiva nos dados de letalidade. Entre elas está a ampliação da rede de assistência na capital, com aumento de cerca de 100% na oferta de leitos para Covid-19 em Manaus, entre leitos clínicos e de UTI.

    No interior, as ações de regionalização da saúde também foram intensificadas, com envio de insumos e respiradores aos municípios de referência para montagem de Unidades de Cuidados Intermediários (UCIs), além do reforço nas remoções para a capital por meio de UTI aérea.

    *Com informações da assessoria 

    Ver mais:

    Cai para menos de 50 o número de enterros em Manaus no mês de junho

    Wilson Lima diz que indústria do AM está otimista com recuperação

    Repasse de R$ 2,6 milhões fortalecerá assistência social no AM