Fonte: OpenWeather

    Base Governista


    Alessandra e Dr Gomes vão conduzir comissão do impeachment na Aleam

    Base governista elegeu presidência e relatoria da comissão sobre pedido de impedimento considerado inconstitucional

    | Foto: divulgação

    Manaus - A deputada Alessandra Campelo (MDB) e o deputado Dr. Gomes (PSC) foram eleitos, nesta terça-feira (14), para presidente e relator, respectivamente, da comissão especial que irá conduzir na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o processo do pedido de impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e do vice, Carlos Almeida (PTB).

    A eleição de Alessandra e Dr Gomes, aliados do governo Wilson, foi realizada logo depois da homologação dos nomes dos 17 deputados indicados na semana passada para compor a comissão especial. Sob a condução da líder do MDB, os parlamentares vão avaliar o pedido de impeachment feito pela Associação de Médicos do Amazonas, que é considerado inconstitucional por especialistas do direito.

    A comissão já havia sido considerada eleita na semana passada, mas foi anulada após o deputado Fasto Junior (PRTB) alegar na sexta-feira (10) que faltou de quórum para a homologação dos 17 anos. Segundo ele, durante a sessão de indicação dos nomes, estavam presentes apenas 12 deputados. A votação exige a presença de 13 parlamentares.

    Já na sessão de hoje estavam presentes 23 deputados - entre a forma presencial no plenário e de forma remota pela internet - que aprovaram com 22 votos favoráveis a indicação dos 17 parlamentares que irão compor a Comissão Especial do impedimento. No momento apenas o deputado Álvaro Campelo (Progressistas) que não confirmou sua presença por meio de conexão on-line.

    Com a aprovação, a lista dos nomes que devem julgar o pedido de impedimento segue com os seguintes parlamentares: a presidente Alessandra Campêlo (MDB), o relator Dr. Gomes (PSC), e os demais membros, Fausto Júnior (PRTB), Delegado Péricles (PSL), Felipe Souza (Patriota), Therezinha Ruiz (PSDB), João Luiz (Republicanos), Saullo Vianna (PTB), Belarmino Lins (Progressistas), Cabo Maciel (PL), Wilker Barreto (Podemos), Dermilson Chagas (Podemos), Roberto Cidade (PV), Carlinhos Bessa (PV), Adjuto Afonso (PDT), Sinésio Campos (PT), Joana Darc (PL). 

    Pelo critério de idade dentro da Casa Legislativa, o deputado Belarmino Lins foi o responsável pela condução da votação da presidente do relator. Alessandra Campêlo foi eleita a presidente com 9 votos a 7 do deputado Felipe Souza, com uma abstenção do deputado Saullo Vianna. Já o deputado Dr. Gomes foi eleito relator com 10 votos a 6 do deputado Fausto Junior, e uma do deputado João Luiz.

    Maioria no Parlamento estadual

    Alessandra e Dr Gomes, contaram com os votos da base aliada do governo que é maioria na Aleam. Eles apontam irregularidades, falhas e interesses pessoais na retomada do processo de impedimento na Casa Legislativa por parte do presidente Josué Neto.

    Em coletiva à imprensa, a presidente da Comissão Especial afirmou que a primeira reunião com os membros da comissão deve acontecer na quarta-feira (14). “A partir desta reunião, os denunciados deveram ser notificados e ambos terão até dez dias para apresentar defesa previa. Com o recebimento da defesa, a comissão especial terá dez dias para emitir relatório que será divulgado e avaliado no plenário da Casa por maioria absoluta, de um quórum simples a partir de 13 deputados”, explicou.

    Campêlo garantiu ainda que o processo deve ser concluído em 30 dias e que o fato de a maioria dos deputados serem da base aliada ao governo não influenciará na condução do processo. “Vamos trabalhar com seriedade e transparência, afinal é muito comum que uma maioria dentro de um poder queira eleger seus representantes. Todas as reuniões serão transmitidas pelas redes sociais e demais meios de comunicação disponíveis, para que a população seja ciente do que está sendo feito pelo Casa”, afirmou a deputada.

    O pedido de impeachment busca analisar o crime de responsabilidade supostamente cometido pelo governador Wilson Lima (PSC) e o seu vice Carlos Almeida (PTB). 

    Veja os votos dos deputados para presidência e relatória para Comissão Especial:

    Adjuto Afonso – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    Alessandra Campelo – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    Berlamino Lins – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    Cabo Maciel – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    Carlinhos Bessa – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    Delegado Péricles – Felipe Souza e Fasto Júnior

    Dermilson Chagas – Felipe Souza e Fasto Júnior

    Dr. Gomes – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    Fausto Júnior – Felipe Souza e Fasto Júnior

    Felipe Souza – Felipe Souza e Fasto Júnior

    Joana D’arc – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    João Luiz – Felipe Souza, se absteve em voto para relatória

    Roberto Cidade – Alessandra Campelo e Dr Gomes

    Saulo Vianna – Abstenção no voto para presidente e Fasto Júnior

    Sinésio Campos – Felipe Souza e Fasto Júnior

    Terezinha Ruiz – Alessandra Campelo e Dr. Gomes

    Wilker Barreto – Felipe Souza e Fasto Júnior

    Leia Mais:

    Base aliada manterá maioria na comissão especial do impeachment

    Sob pressão, Josué desiste de presidir processo de impeachment

    <<<<<<< HEAD ======= >>>>>>> e5a666b371d90e4920345db9572e28a6ed1fabe8