Fonte: OpenWeather

    Eleições 2020


    Enquanto Pablo e Bosco desistem, PDT e Psol confirmam pré-candidaturas

    Agora, menos de 20 nomes seguem com suas pré-candidaturas em Manaus para a sucessão do prefeito Arthur Neto

    Enquanto Pablo e Bosco Saraiva desiste, Jonas e Hissa tem seus nomes confirmados | Foto: Divulgação

    Manaus - A disputa para as eleições municipais em Manaus já começa a sofrer alteração em plena pré-campanha. Dos 20 nomes que estavam pré-candidatos a prefeito da capital amazonense, agora pode se dizer que são apenas 18 com a desistência dos deputados federais Bosco Saraiva (Solidariedade) e delegado Pablo Oliva (PSL). Enquanto uns desistem a corrida, outra confirmam os seus nomes para a disputa, como o ex-deputado federal Hissa Abrahão (PDT) e o professor Jonas Araújo (Psol), pelo menos até as convenções partidárias que serão realizadas de 31 de agosto a 16 de setembro.

    Pelos bastidores, Pablo Oliva desistiu da pré-candidatura depois de o nome do deputado ter aparecido num suposto envolvimento em um esquema de corrupção, investigado pela Policia Federal. Acusado de corrupção passiva, crime contra a ordem tributária, e lavagem de dinheiro, o parlamentar teve os bens "sequestrados" pela Justiça Federal do Amazonas, de acordo com a Folha de São Paulo.

    Pablo disse por meio da assessoria que não é possível confirmar sua desistência ou permanência na disputa, uma vez que a indicação dos candidatos a prefeitos e vereadores, na capital e interior, está sendo feita mediante avaliação interna do PSL. Com a desistência do delegado, o nome da jornalista Liliane Araújo (PSL) deve continuar sendo a aposta do partido para candidatura majoritária.

    Alvo de investigação, delegado Pablo desiste do pleito
    Alvo de investigação, delegado Pablo desiste do pleito | Foto: Divulgação

    Com um alinhamento político com o PSD, o deputado Bosco Saraiva deixou a pretensão de disputar o posto de prefeito de Manaus e agora passa a apoiar a pré-candidatura do deputado estadual, Ricardo Nicolau (PSD), que já estava na lista dos nomes que brigam pela sucessão do prefeito Arthur Neto (PSDB).

    Confirmações

    Enquanto alguns pré-candidatos desistem da disputa, outros reafirmam o compromisso de representar seus partidos nas eleições municipais e concorrer ao cargo de prefeito da capital. Esse foi o caso do professor Jonas Araújo que teve seu nome confirmado por unanimidade pelo diretório municipal do Partido Socialismo e Liberdade (Psol), no último domingo (19).

    “Sigo pré-candidato para representar o Psol nas Eleições de 2020. Junto com o meu nome o partido aprovou a tática de articular um bloco de esquerda articulando com os partidos PCB, PT, PSTU, PSB e PCdoB”, afirmou.

    Os partidos que devem fazer parte do bloco de esquerda também possuem pré-candidatos à prefeitura, como o PT com o deputado federal José Ricardo. No entanto Jonas destacou que ainda é cedo para pensar em um nome para ser seu vice ou até mesmo se terá uma composição de chapa onde ele será vice de outro pré-candidato até o fim do prazo das convenções partidárias.

    “Ainda é cedo para falar sobre os dois cenários. De qualquer maneira vamos trabalhar para que a candidatura não seja apenas do Psol. Nesse momento estamos articulando reuniões com os partidos para tentar a concretização esse bloco de esquerda. Simultâneo a isso estamos realizando a pré-campanha”, disse Araújo.

    Já o Partido Democrático Trabalhista (PDT) confirmou na segunda-feira (27) o nome do ex-vice-prefeito e ex-deputado federal Hissa Abrahão para disputar o cargo de prefeito de Manaus. Após a confirmação da sigla, o pré-candidato afirmou que a capital precisa de uma gestão competente.  “É hora de mais gestão e menos política. Manaus deve ter uma gestão que faça o que deve ser feito”, destacou.

    Hissa teve seu nome confirmado novamente pelo PDT
    Hissa teve seu nome confirmado novamente pelo PDT | Foto: Lucas Silva

    Mais nomes

    Até as últimas horas das convenções partidárias, novas movimentações devem acontecer. No entanto, muitos dos pré-candidatos seguem buscando espaço, realizando seus trabalhos na pré-campanha e analisando o cenário para as eleições, como é o caso do deputado federal José Ricardo.

    José Ricardo e mais de dez pré-candidatos continuam na disputa eleitoral
    José Ricardo e mais de dez pré-candidatos continuam na disputa eleitoral | Foto: Divulgação

    “Continuo como pré-candidato e nesse momento sigo realizando a minha pré-campanha. Já estamos elaborando o nosso plano de governo democrático e participativo com a sociedade, com várias equipes colaborando com ideias de melhoria para a cidade, além de buscar alianças políticas para formar uma frente de esquerda até as convenções. Com isso continuamos firmes e fortes”, disse.

    Assim como o parlamentar, outros pré-candidatos seguem na disputa para o pleito municipal como ex-governador do Amazonas David Almeida (Avante), o também ex-governador Amazonino Mendes (Podemos), o deputado federal Alberto Neto (Republicanos), o ex-titular da Suframa Alfredo Menezes (Patriotas), a ex-secretária Caroline Braz (PSC), a ex-deputada Conceição Sampaio (PSDB), o deputado Péricles Nascimento (PSL), o advogado Marcelo Amil (PCdoB), entre outros.

    Leia Mais: 

    Com muitos candidatos, debates podem se tornar inviáveis em Manaus

    Parecer prévio de impeachment pode ser concluído na quarta-feira (29)