Fonte: OpenWeather

    Eleições 2020


    PMN deve lançar pré-candidatura de Orsine Junior, na quinta-feira (27)

    Pré-candidatura veio após o empresário ser descartado como nome para compor a chapa de Amazonino como vice

    PMN faz mistério quanto ao nome do pré-candidato, mas deve confirmar o empresário Orsine Junior
    PMN faz mistério quanto ao nome do pré-candidato, mas deve confirmar o empresário Orsine Junior | Foto: divulgação

    Manaus - A pouco menos de uma semana para o prazo das convenções partidárias, o Partido da Mobilização Nacional (PMN) anunciou que deve lançar, oficialmente, um nome para representar a sigla nas eleições municipais, na quita-feira (27), às 10 horas. O anúncio será feito na sede do partido localizado no bairro Vieiralves, Zona Centro-Sul da capital.

    O nome escolhido pela sigla foi o presidente do diretório estadual, empresário Orsine Junior. Ele declarou ainda na semana passada que o partido seguiria firme na corrida eleitoral para disputar a sucessão do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), com uma candidatura própria.

    Apesar de presidente da sigla, há pouco mais de cinco meses Orsine disse que a candidatura seria a sua estreia na política e pretendia fazer uma campanha propositiva, apresentando propostas para os principais problemas da cidade, especialmente nas áreas de saúde, transporte coletivo, mobilidade urbana e a geração de emprego e renda.

    Nos bastidores, a decisão do partido aconteceu devido a ruptura da aliança entre Orsine e o pré-candidato a prefeito, Amazonino Mendes (Podemos). Pelas especulações, o empresário buscava ocupar a posição de vice na chapa majoritária de Mendes, mas acabou sendo frustrado, após Amazonino dar preferência a outro nome e escolher o médico Francisco Deodato (Podemos) para formar uma chapa puro sangue.

    O empresário buscava ocupar o cargo de vice na chapa de Amazonino
    O empresário buscava ocupar o cargo de vice na chapa de Amazonino | Foto: Reprodução

    O empresário reforçou que não “jogará a toalha” e a postura de cuidar da eleição do PMN deve seguir firme até a data da convenção dos partidos, que ocorre no dia 15 de setembro. Apesar da sigla ter decidido lançar 62 candidatos a Câmara Municipal de Manaus e se esforçar para eleger de quatro a cinco candidatos, ainda não há definições sobre quem deve compor a chapa de Orsine como vice. O pré-candidato afirmou que vai intensificar conversas com outros partidos para definir nomes para a composição após o lançamento oficial do seu nome.

    Leia Mais:  

    PT e Psol reafirmam aliança, mas vice da chapa ainda é outra história

    Vice-governador Carlos Almeida se desfilia do PTB Amazonas