Coluna Contexto


Passagem dos filhos de Bolsonaro por Manaus

A passagem dos filhos do presidente Jair Bolsonaro por Manaus não rendeu os dividendos políticos que os candidatos bolsonaristas esperavam explorar neste período eleitoral

| Foto:

 Ainda sobre a vinda dos filhos de Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro agradeceu a Deus pelas belezas amazônicas e disse que o turismo de natureza é cobiça mundial e atrai investidores, inclusive os de cassinos.

“O que nós ouvimos em Las Vegas é que há um grande interesse que estes grande players do turismo invistam pesado nessa área em estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Amazonas”, afirmou Flávio, no Centro de Convenções Vasco Vasques.

“O sonho de muitos deles é vir para um equipamento aqui em Manaus ou próximo daqui, porque o turismo de natureza é uma das coisas que mais incentivam o turismo internacional”, completou.

Só deu Menezes

A passagem dos filhos do presidente Jair Bolsonaro por Manaus não rendeu os dividendos políticos que os candidatos bolsonaristas esperavam explorar neste período eleitoral, com exceção do coronel Alfredo Menezes (Patriota).

Menezes aproveitou a chegada do deputado federal Eduardo Bolsonaro e do senador Flávio, ainda na sexta-feira, e fez fotos com os dois no Aeroporto Eduardo Gomes.

‘Não descansarei enquanto não resolver os problemas de Manaus’, diz Nicolau

| Foto: divulgação

Com a vantagem de possuir mais tempo de rádio e TV que seus adversários na disputa eleitoral deste ano, o candidato da coligação “Pra Voltar a Acreditar”, Ricardo Nicolau (PSD/PP/SD//PSB/PDT), diz que a mobilidade urbana, com a angustiante questão do transporte coletivo, será uma das principais prioridades de sua futura gestão à frente da cidade de Manaus caso consiga se eleger prefeito nas eleições municipais deste ano.

“As empresas de transporte urbano que prestarem bons serviços permanecerão, mas as que não prestarem esses serviços à altura do que reclama o povo poderão voltar para a terra natal dos seus proprietários”, disse o candidato, entrevistado ontem no programa Manhã de Notícias, da Rede Tiradentes.

Outra prioridade de Nicolau será a saúde cujo sistema ele promete se esforçar para melhorar, propiciando em 100% o acesso da população aos serviços do SUS, bem como garantiu também a construção, em tempo recorde, do Hospital Municipal de Manaus, tendo em vista as demandas criadas pela pandemia do coronavírus. “A verdade é que eu não descansarei enquanto não resolver os problemas de Manaus”, destacou o candidato.

Segurança pública

Na entrevista à RT, Ricardo Nicolau repetiu a pregação que vem fazendo desde que o PSD o lançou na corrida majoritária na capital do Estado: vai atacar os gargalos da segurança pública.

Para ele, os problemas da área não serão solucionados enquanto a Prefeitura não rever o papel da Guarda Municipal, que deve se armar para ser mais atuante no centro e nas periferias da cidade no combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas.

Mais emprego e renda

A economia, segundo Nicolau, será outra de suas maiores preocupações em Manaus se obtiver sucesso nas urnas em novembro. “Enfrentar com realismo essa questão e lutar por mais emprego e renda será outro grande desafio”, disse à RT.

De acordo com o candidato, as ferramentas digitais serão usadas com intensidade para a disseminação das propostas que ele e o seu candidato a vice-prefeito George Lins espalharão nas redes sociais e nos horários de propaganda eleitoral gratuita.

“Já encaminhamos nosso plano de governo ao Tribunal Superior Eleitoral, mas nós queremos mesmo é ouvir o povo, que sabe bem mais do que nós”, afirmou à RT.

Virada a caminho

Ricardo Nicolau foi o primeiro entrevistado da RT dentro da rodada de conversas que o radialista Ronaldo Tiradentes realizará com todos os candidatos à Prefeitura de Manaus.

Durante sua fala, RN disse apostar numa breve virada nas pesquisas de opinião, confiando no seu grande tempo no palanque eletrônico e no exército de 200 postulantes à Câmara Municipal de Manaus com que conta para promover a virada.

“O contato direto com o povo vai mudar tudo, é que somos diferentes de outros candidatos que estão em campanha há dois anos, mas nunca fizeram nada pelo povo da nossa capital”, arrematou.

Joelson pela BR

Ao destacar a luta pela pavimentação da BR-319, o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Joelson Silva (Patriota), parabenizou o governo Bolsonaro “por dar esse importante passo que é um sonho da população amazonense, especialmente de quem vive naquela região e padece com a falta de pavimentação em trechos perigosos da rodovia”.

Alfredo nas periferias

Juntamente com sua vice, Conceição Sampaio (PSDB), o candidato Alfredo Nascimento (PL) visitou vários bairros da periferia de Manaus no último final de semana.

No Cidade de Deus, ele prometeu reativar o Programa Médico da Família, de grande alcance popular até hoje e que rendeu a Alfredo prêmios de destaque em nível nacional no início da década de 2000.

Negão fora da disputa

De acordo com estudo realizado por Durango Duarte, o ex-governador Amazonino Mendes (Podemos) corre o risco de ficar fora da disputa do segundo turno das eleições de 2020 se os demais concorrentes atacarem sua candidatura de forma sistemática com o início da propaganda eleitoral.

O jogo poderá desgastar o ex-governador, levando-o à perda de até 15% do seu propalado favoritismo na batalha municipal, calcula o publicitário.

“Quem é o candidato mais forte? Amazonino. Mas se todos os candidatos atacarem sua candidatura sistematicamente, em suas diversas fragilidades, Mendes poderá perder dez pontos percentuais até a última semana da eleição. Agora, se perder mais 4 ou 5 pontos entre 9 e 14 de novembro, arrisca não ir para o segundo turno”, sustenta Durango.

Advogados contratados

Alguns candidatos que disputam a batalha majoritária de Manaus já acertaram a contratação de advogados que vão atuar nas eleições municipais.

Ricardo Nicolau (PSD) contratou a banca formada por Júnior Fernandes, Jean Cleuter e Cristhian Antony, da Almeida&Barreto. José Ricardo (PT) contratou José Carlos Valim e Nayleide Silva.

Davi Almeida (Avante) contratou os serviços de quatro profissionais de Direito: Tadeu Souza, Marcio Riz, Yngrid Ventilari e Alex Kontsimpas.

Nada de festas

Para evitar aglomerações e dar asas à nova escalada da pandemia do coronavírus em Manaus, o prefeito Arthur Neto decidiu não mais realizar eventos tradicionais que deveriam ocorrer até dezembro deste ano.

São eles o Aniversário da Cidade, marcado para 24 de outubro, além do Boi Manaus e o Réveillon.

Cestas de votos

Sem se importar com o período eleitoral, o prefeito de São Gabriel da Cachoeira, Clóvis Moreira Saldanha (PT), o “Curubão’, vai distribuir cestas básicas para famílias de baixa renda.

De acordo com o Diário Oficial dos Municípios (DOM) do último dia 11, ele vai usar R$ 298,5 mil para a aquisição das cestas.

“Corubão” diz que seu ato é uma demanda humanitária devido à pandemia da Covid-19. Mas seus adversários juram que as cestas “são cestas de votos”.

Máscaras do bem

Segundo pesquisadores da Universidade da Califórnia, o uso de máscaras ajuda na produção de anticorpos contra o Sars-CoV-2 nos corpos das pessoas.

Conforme publicação da revista científica The New England Journal of Medicin, o uso de máscaras eleva a taxa de assintomáticos, uma vez que as pessoas conseguem se proteger parcialmente de uma quantidade elevada do vírus.

Alguns estudos apontam que a quantidade de vírus inoculado pode estar relacionada ao grau de severidade da doença.

Leia mais

Eleições e pandemia: realidade a ser enfrentada

A perda da Sony e de empregos no Distrito Industrial de Manaus

Mineração em terras indígenas na Amazônia