Impeachment


Congresso do Peru aprova impeachment do presidente do país

Líder do Congresso assumirá governo até julho de 2021

A presidência será assumida pelo líder do Congresso, Manuel Merino
A presidência será assumida pelo líder do Congresso, Manuel Merino | Foto: Reuters

O Congresso do Peru aprovou na noite desta segunda-feira (9), o impeachment do presidente peruano Martín Vizcarra Cornejo. Segundo o site do Congresso Nacional Peruano, Vizcarra foi declarado com "permanente incapacidade moral" e, em consequência, foi declarada que a presidência do país estava vaga.

Na votação do impeachment, 105 congressistas votaram a favor do processo, 19 contra e houve quatro abstenções. O número necessário para o afastamento do presidente era 87 votos.

A decisão será comunicada imediatamente a Vizcarra e ao Conselho de Ministros do Peru. A presidência será assumida pelo líder do Congresso, Manuel Merino, que deve ocupar o cargo até julho de 2021. 

As eleições presidenciais do Peru estão previstas para ocorrer em 11 de abril do ano que vem.

*Com informações do Centro de Notícias do Congresso Nacional do Peru 

Leia mais: 

STJ sofre ataque de hacker e Polícia Federal investiga sistema

Tribunal aceita denúncia e governador de Santa Catarina é afastado

Alerj aprova impeachment de Witzel por unanimidade