Eleições 2020


Na disputa pelo Executivo, 73% dos parlamentares fracassam no 1° turno

Dos 68 deputados e senadores que disputaram as eleições municipais deste domingo (15), 50 foram derrotados e 18 seguiram para o segundo turno

| Foto: Divulgação

Brasil - As eleições municipais concretizaram uma renovação significativa nas candidaturas lançadas a vereança e Executivo, dos 68 deputados e senadores que disputaram as eleições municipais deste domingo (15), 50 foram derrotados e 18 seguiram para o segundo turno ou já estão eleitos, o que equivale a uma taxa de fracasso de 73,5% e de sucesso de 26,5%

Em 11 cidade, 12   deputados federais foram escolhidos pelos eleitores para disputar prefeituras no segundo turno. O deputado Alexandre Serfiotis (PSD-RJ) foi eleito prefeito de Porto Real (RJ) já no primeiro turno.

Também há dois deputados que conquistaram cadeiras de vice-prefeito já no primeiro turno: Paulo Marinho Júnior (PL), em Caxias (MA), e Juninho do Pneu (DEM), em Nova Iguaçu (RJ). O deputado Deuzinho Filho (Republicanos) ainda vai disputar a vice-prefeitura de Caucaia (CE) no segundo turno. Luiza Erundina (Psol) também segue na disputa para vice-prefeita de São Paulo.

Resultado pior que em 2016

Nestas eleições, 66 deputados concorreram a cargos de prefeito ou vice-prefeito em 43 cidades, sendo que 40 deles disputavam vagas em capitais.

O número é inferior à eleição de 2016, quando 80 deputados se lançaram candidatos em 57 cidades.

Como resultado, o número de vitórias de deputados no primeiro turno também é menor em comparação à eleição passada, quando nove deputados se elegeram prefeitos e dois vice-prefeitos no primeiro turno, e outros 16 deputados seguiram para o segundo turno.

Apenas dois senadores concorreram nestas eleições. O senador Jean Paul Prates (PT) ficou em segundo lugar em Natal (RN), onde Álvaro Dias (PSDB) foi reeleito em primeiro turno. Em Goiânia (GO), o senador Vanderlan Cardoso (PSD) enfrenta Maguito Vilela (MDB) no segundo turno.

Veja a lista de parlamentares que tiveram sucesso no primeiro turno

Eleitos

Alexandre Serfiotis (PSD-RJ) – Prefeito de Porto Real (RJ)Paulo Marinho Júnior (PL), vice-prefeito em Caxias (MA)Juninho do Pneu (DEM), vice-prefeito em Nova Iguaçu (RJ)

Em segundo turno

Capitão Wagner (Pros) – Fortaleza (CE)João Campos (PSB) – Recife (PE)Marília Arraes (PT) – Recife (PE)Edmilson Rodrigues (Psol) – Belém (PA)Eduardo Braide (Podemos) – São Luís (MA)JHC (PSB) – Maceió (AL)Zé Neto (PT) – Feira de Santana (BA)Darci de Matos (PSD) – Joinville (SC)Margarida Salomão (PT) – Juiz de Fora (MG)Sergio Vidigal (PDT) – Serra (ES)Wladimir Garotinho (PSD) – Campos dos Goytacazes (RJ)Ottaci Nascimento (Solidariedade) – Boa Vista (RR)Deuzinho Filho (Republicanos), vice-prefeito Caucaia (CE)Luiza Erundina (Psol), vice-prefeita em São PauloSenador Vanderlan Cardoso (PSD), prefeitura de Goiânia (GO)

Leia mais: 

Com 25 vereadores novatos, CMM tem mais de 60% de renovação

No interior do AM, maioria dos prefeitos continua no poder

Nomes famosos ficam de fora da reeleição na Câmara Municipal de Manaus