Unanimidade


Frente de combate à violência contra a mulher é aprovada na Aleam

Segundo Alessandra, a frente é mais uma forma do parlamento amazonense contribuir na luta pelo fim da violência contra as mulheres

A criação da Frente faz parte da orientação da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE)
A criação da Frente faz parte da orientação da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE) | Foto: Divulgação

Manaus - O Projeto de Resolução Legislativa (PRL) nº88/2019, que cria a Frente Parlamentar de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, ao Feminicídio e aos Relacionamentos Abusivos, foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), nesta  quarta-feira (18). 

O PRL é de autoria da deputada Alessandra Campêlo (MDB), e co-autoria do deputado Adjuto Afonso (PDT). 

De acordo com a autora do projeto, a frente é mais uma forma do parlamento amazonense contribuir na luta pelo fim da violência contra as mulheres. 

“Uma mulher sofre violência a cada dois minutos no Brasil. O estágio final dessas agressões é o feminicídio, que também tem índices muito altos no país. Todos nós, homens e mulheres, precisamos lutar contra isso. Vamos elaborar políticas públicas, fiscalizar e incentivar uma estrutura adequada de acolhimento vítimas de violência”, disse. 

A criação da Frente faz parte da orientação da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE) e deve atuar em conjunto com outras frentes parlamentares de todo o Brasil.

A composição será definida após a reunião com os deputados. 

“Vamos atuar para a elaboração de políticas públicas não só na Aleam, mas também em parceria com câmaras municipais do Amazonas, desenvolvendo campanhas educativas e intercâmbio de leis e propostas que vão ajudar a combater a violência contra as mulheres. Será uma frente mista, formada por homens e mulheres, onde iremos, também, fiscalizar a estrutura que o Estado e os municípios dão para as mulheres vítimas de violência”, concluiu. 

*Com informações da assessoria 

Leia mais:

Frente de Enfrentamento à Violência Doméstica é votada na Aleam

Deputada repudia número crescente de crimes sexuais no AM

Lei garante acompanhamento educacional a alunos em tratamento de saúde