Eleições 2020


David Almeida repudia 'gabinete do ódio' e nega notícias falsas

De acordo com Almeida, muitos ataques que vem sofrendo partem do candidato adversário Amazonino Mendes (Podemos)

| Foto: Divulgação

Manaus - O candidato a prefeito David Almeida (Avante), em carta aberta à população manauara, repudiou as fake news que o liga a políticos locais e referiu-se a um 'gabinete do ódio', criado pela campanha do candidato adversário Amazonino Mendes (Podemos).

De acordo com Almeida, muitos ataques que vem sofrendo partem de Amazonino, que teria se unido a meia dúzia de portais e blogs e uma milícia virtual, para atacá-lo. Na carta, David reforçou que não responde a processos, é ficha limpa e não possui apoio das máquinas da Prefeitura de Manaus, do Governo do Estado, nem de grupos empresariais.

David Almeida disse que também foi alvo da indústria de notícias falsas no primeiro turno das eleições municipais deste ano e que voltou a ser atacado por veículos de comunicação durante a corrida eleitoral no segundo turno, com uma série de informações contraditórias em busca de desacreditá-lo perante a opinião pública.

Ainda segundo David, alguns veículos tentam ligar sua candidatura ao apoio do governador Wilson Lima (PSC) e ao senador Omar Aziz, mesmo depois de o candidato da coligação Avante Manaus ter esclarecido que não possui aliança com nenhum grande grupo empresarial ou político.

David Almeida esclareceu que, desde as eleições de 2018, é crítico a grupos que dominam a política amazonense e manauara há quase 40 anos e disse não ter vínculoscom o ex senador Omar Aziz (PSD) desde março de 2018, quando ocupava o cargo de presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) e anunciou saída do PSD, por não ter o aval da legenda para ser candidato ao governo em 2017.

Já em relação ao atual governador do Estado, relembrou as últimas eleições, quando foi um dos maiores opositores à candidatura de Wilson, devido falta de experiência do político. “Durante toda a campanha eu avisei que Wilson não seria o candidato ideal, porém, não fui ouvido. Na democracia quando erramos um dia, podemos pagar em quatro anos", opinou.

Ficha Limpa

Durante toda a campanha, David Almeida fez questão de provar que não tem pendências junto à Justiça Eleitoral (TRE-AM), bem como com a Corte de Contas (TCE) e no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). As informações foram confirmadas nos sistemas dos órgãos do Judiciário do Estado.

Na última semana, a Justiça Eleitoral do Amazonas concedeu a David, o total de 120 veiculações de direito de resposta contra os candidatos Amazonino Mendes (Podemos) e Coronel Menezes, ambos acusados de divulgarem notícias falsas na propaganda eleitoral conta o candidato da coligação Avante Manaus.

Durante o primeiro turno, David contou com várias vitórias na Justiça, tanto contra adversários, como contra portais de notícias tendenciosos e supostamente pagos para propagar informações inverídicas.

Novos Apoios

Desde a última terça-feira (17) David Almeida tem recebido diversos apoios de candidatos derrotados no primeiro turno, como Alberto Neto (Republicanos), Chico Preto (DC). Nesta quarta-feira (18) o candidato Ricardo Nicolau (PSD) expressou seu apoio ao candidato. De acordo com Nicolau, a eleição é feita de escolhas. " Sou defensor da democracia. Por isso, sinto-me na responsabilidade de me posicionar nesse cenário. Entre os dois candidatos do 2º turno, David Almeida é quem reúne as melhores condições políticas e administrativas para ocupar o cargo, tendo em vista que seu oponente já fez tudo o que tinha de fazer por Manaus em suas três vezes como prefeito e quatro como governador. Nossa cidade precisa quebrar esse ciclo vicioso e vislumbrar novas oportunidades. Independentemente de partidos ou políticos, minha torcida sempre foi e sempre será por Manaus e pelo Amazonas".

Leia mais:

Na reta final, pesquisas apontam David no 2º turno contra Amazonino

Pesquisa aponta vitória de David Almeida no segundo turno

David promete zerar fila de espera na rede municipal de saúde