Fonte: OpenWeather

    Operação Ponto de Parada


    Com presidente investigado, Boi Caprichoso deve aguardar investigações

    Segundo a Associação até o presente momento não existe acusações formais feitas contra o presidente Jender Lobato e o ex-vice presidente Sérgio Viana

    Sérgio está entre os investigados de um esquema de desvio de recursos federais do transporte escolar por meio de contratos com a Prefeitura de Presidente Figueiredo
    Sérgio está entre os investigados de um esquema de desvio de recursos federais do transporte escolar por meio de contratos com a Prefeitura de Presidente Figueiredo | Foto: Divulgação

    Manaus - Após o presidente da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso, Jender Lobato ser preso temporariamente pela Policia Federal suspeito de envolvimento na Operação Ponto de Parada, deflagrada na manhã desta segunda-feira (23), a diretoria do Boi Caprichoso emitiu uma nota afirmando que acompanha atentamente o caso para que, no momento oportuno, possa se pronunciar a respeito.

    A associação vai aguardar o transcorrer das investigações, “pois até o presente momento não existe nenhuma acusação formal feita contra o presidente Jender Lobato e nem contra o ex-vice presidente Sérgio Viana”.

    Sérgio está entre os investigados de um esquema de desvio de recursos federais do transporte escolar por meio de contratos com a Prefeitura de Presidente Figueiredo. O prejuízo aos cofres públicos com fraudes superfaturamentos totalizaria R$ 5,7 milhões.

    A operação

    Segundo as investigações da Polícia Federal, duas empresas concorreram a uma licitação da Prefeitura de Presidente Figueiredo, no ano de 2017, para fornecimento de transporte escolar, mas uma delas “cobriu” a proposta da outra, com o intuito de dar aparência de legitimidade na concorrência. De acordo com o laudo técnico da perícia, diversos itens restringiam o caráter competitivo da licitação.

    Confira a nota na íntegra:

    A diretoria do Boi Caprichoso, tomando conhecimento do fato ocorrido hoje pela manhã na capital do Estado do Amazonas, acompanha atentamente as informações que envolvem o nome do presidente Jender Lobato e do ex-vice presidente, Sérgio Viana, para que, no momento oportuno, possa se pronunciar a respeito!

    A Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso aguarda o transcorrer das investigações, pois até o presente momento não existe nenhuma acusação formal feita contra o presidente Jender Lobato e nem contra o ex-vice presidente Sérgio Viana.

    Conforme dispõe nossa Constituição Federal, ninguém será considerado culpado enquanto não houver decisão definitiva da Justiça, devendo se resguardar o contraditório, ampla defesa e o devido processo legal.

    Considerando que se trata de uma investigação recém iniciada, não é possível se concluir nada, reafirmando-se a total confiança no Poder Judiciário e que, ao final, tudo será devidamente esclarecido.

    Leia mais:

    PF combate desvio de recursos de transporte escolar no interior do AM

    PF investiga fraudes praticadas através da internet banking no AM

    Justiça determina afastamento provisório da diretoria daAneel e ONS