Fonte: OpenWeather

    Entrega da apuração


    Relatório da CPI da Saúde é entregue ao Ministério Público

    O relatório da CPI da Saúde já foi oficialmente entregue às Controladorias Geral do Estado e da União, ao Tribunal de Contas da União e à Procuradoria da República no Amazonas

    O órgão deve utilizar os dados entregues para início ou aprofundamento das ações da CPI
    O órgão deve utilizar os dados entregues para início ou aprofundamento das ações da CPI | Foto: Divulgação

    Manaus - O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) foi entregue pelo ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) pelo deputado estadual Delegado Péricles (PSL) nesta segunda-feira (30). 

    O parlamentar já havia ido à Controladoria Geral da União (CGU) com objetivo de dar acesso aos órgãos de controle a todo material obtido pela Comissão em 120 dias de trabalho. Nesta segunda, Péricles foi recebido pelo procurador-geral, dr. Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior.

    “Tenho reforçado em todos os órgãos de controle a necessidade de continuidade às investigações iniciadas na CPI da Saúde. Revelamos casos absurdos de corrupção nos bastidores da saúde. Isso tudo precisa ser visto com mais profundidade por todos. Nosso tempo foi curto para a obtenção de mais detalhes, mas deixamos descobertas que, sem dúvida, já são ou serão base importante para a responsabilização de culpados” afirmou o deputado que presidiu a CPI da Saúde.

    Ao receber o documento, o procurador-geral Alberto Nascimento Júnior reforçou a tomada de medidas pelo MPE-AM no sentido de utilizar os dados entregues para início ou aprofundamento de ações pelo órgão.

    “Vamos despachar para que seja feita toda a análise jurídica e possamos dar devido encaminhamento ao que foi apurado pela CPI da Saúde, seja por meio da deflagração de operações ou outras medidas”, concluiu.

    O relatório da CPI da Saúde já foi oficialmente entregue às Controladorias Geral do Estado e da União, ao Tribunal de Contas da União, à Procuradoria da República no Amazonas e, neste segunda, ao MPE-AM.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

     Aleam aprova PL que proíbe contratação de parentes de secretariado

    CPI da Saúde entrega relatório à CGE e encerra processos indenizatório

    Operação da PF no Amazonas é pauta principal em debates na Aleam