Fonte: OpenWeather

    Unanimidade


    Josué Neto é indicado à vaga de Conselheiro do TCE-AM

    Caso ocupe o cargo de conselheiro no TCE, o deputado passará sua vaga na Casa Legislativa ao vice-prefeito de Parintins, Tony Medeiros

    Além de herdar vitaliciamente a cadeira do pai, o deputado também terá o salário mensal de mais de R$ 30 mil
    Além de herdar vitaliciamente a cadeira do pai, o deputado também terá o salário mensal de mais de R$ 30 mil | Foto: Divulgação

    Manaus - Durante sessão plenária da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o deputado Josué Neto (Patriota) foi eleito por unanimidade, como o indicado do Legislativo, a uma vaga no Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), na quarta-feira(16). 

    Se a eleição for aprovada pelos conselheiros do órgão e pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), Josué deve ocupar a vaga do seu pai, Josué Filho, que ingressou, também na quarta-feira, com pedido de aposentadoria compulsória das atividades na Corte de Contas em razão da idade, a contar de 5 de abril de 2021.

    Além de herdar vitaliciamente a cadeira do pai, o deputado também terá o salário mensal de mais de R$ 30 mil.

    Sucessor

    Caso ocupe o cargo de conselheiro no TCE, Neto passará sua vaga na Casa Legislativa ao vice-prefeito de Parintins, João Wellington de Medeiros Cursino, conhecido como Tony Medeiros (PSD). Se Medeiros resistir em deixar a prefeitura do município quem deve a cadeira do deputado na Aleam será destinada ao terceiro suplente da coligação Pastor Antônio Alves (PRB).

    Leia mais:

    Trama da eleição na Aleam mira cargo vitalício para Josué Neto

    Com orçamento de R$19 bilhões, LOA é aprovada na Aleam

    Deputados estaduais apresentam 644 emendas a LOA 2021