Fonte: OpenWeather

    Saúde


    Deputada convoca comissão para definir ações de combate à pandemia

    O Estado entrou na fase roxa, considerada a mais alta na escala que mede os riscos da pandemia

     

    Segundo a Fundação FVS-AM houve um crescimento de 120% no número de casos em Manaus
    Segundo a Fundação FVS-AM houve um crescimento de 120% no número de casos em Manaus | Foto: Divulgação

    Manaus - A presidente da Comissão de Saúde e Previdência (CSP) da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Mayara Pinheiro Reis (PP), convocou para a próxima quinta-feira (7) uma reunião extraordinária com os membros comissão, para definir ações de enfrentamento ao coronavírus no Amazonas. O Estado entrou na fase roxa, considerada a mais alta na escala que mede os riscos da pandemia.

    Segundo o relatório da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) houve um crescimento de 120% no número de casos em Manaus e 47% a nível estadual, entre os meses de novembro e dezembro. Além disso, também foi detectado um aumento de 66% na média móvel de óbito por coronavírus nos últimos 14 dias. 

    "Infelizmente chegamos à fase roxa de contaminação epidemiológica, a mais grave de todas, o momento agora é de esforço mútuo. Cidadãos precisam tomar os cuidados necessários e o Poder Público precisa viabilizar a ampliação do número de leitos e a contratação de profissionais para a linha de frente, tanto diretamente quanto via Ministério da Saúde, para que avancemos neste momento de crise enquanto aguardamos a vacina contra o coronavírus. Como presidente da Comissão de Saúde estou acompanhando a situação e por isso solicitei a reunião com os membros para que possamos, enquanto parlamento, elaborar medidas que auxiliem o povo amazonense", pontuou a deputada.

    A parlamentar informou ainda que vai propor um envio de requerimento ao Ministério da Saúde, por meio da Comissão, cobrando o planejamento de vacinação para o Amazonas e também o envio de médicos para reforçar o atendimento no estado. Além disso, ela também pretende discutir junto à comissão a possibilidade de realizar uma audiência pública para debater o plano de contingência que vem sendo executado na capital e interior. 

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Condomínios serão obrigados a denunciar casos de violência doméstica

    Projeto que possibilita home office para PCS's é aprovado na Aleam

    PL propõe passagem gratuita para portadores de doenças raras no AM