Fonte: OpenWeather

    Solução


    Vereador propõe a construção de sepulturas verticais em cemitérios

    A proposta de autoria do vereador Wallace Oliveira (Pros) tem como objetivo solucionar de forma rápida e eficaz a falta de espaço nos cemitérios da capital

     

     O parlamentar afirmou que dará entrada no dia 8 de fevereiro, data em que a casa legislativa retorna as atividades
    O parlamentar afirmou que dará entrada no dia 8 de fevereiro, data em que a casa legislativa retorna as atividades | Foto: Divulgação

    Manaus - A Prefeitura de Manaus poderá regularizar a construção de sepulturas verticais nos cemitérios de Manaus, a proposta foi apresentada pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wallace Oliveira (Pros) e tem como objetivo solucionar de forma rápida e eficaz a falta de espaço nos cemitérios, ocasionado pelo aumento no número de óbitos por Covid-19. O parlamentar afirmou que dará entrada no dia 8 de fevereiro, data em que a casa legislativa retorna as atividades.

    O vereador tomou a iniciativa, após ter conhecimento da superlotação nos cemitérios de Manaus. O prefeito da cidade, David Almeida (Avante), se pronunciou sobre o assunto durante coletiva de imprensa, na terça-feira (5), e ressaltou que acaso o número de mortes continue crescendo, os cemitérios da capital não terão como comportar a demanda. 

    "Como parlamentar de Manaus temos de estar atentos a estas situações e procurar legislar para resolver os problemas da cidade. A pandemia tem preocupado os governantes, pois provoca superlotação nos hospitais e aumento de óbitos, que estão levando nossa cidade ao colapso. Temos de unir forças e ajudar o prefeito a resolver estas questões o mais rápido possível", afirmou o vereador.

    Por conta da pandemia e respeitando decreto do governo municipal, a CMM está em recesso até o dia 8 de fevereiro, porém, Wallace vai tentar antecipar a entrega da indicação a Prefeitura de Manaus. 

    "Precisamos que esta indicação chegue as mãos do prefeito de Manaus com o máximo de urgência. A construção de sepulturas verticais, em formato de gavetas edificadas com três lugares, nos cemitérios de Manaus, vai ajudar a resolver o problema de superlotação dos cemitérios, que não tem como crescer horizontalmente. Os enterros aumentam a cada dia, por conta da pandemia que está afetando com muita intensidade a população da cidade de Manaus", finaliza o vereador. 

    Sepultamentos 

    Somente na última terça-feira (5), foram registrados 91 sepultamentos em cemitérios da capital do Amazonas, segundo dados da Prefeitura de Manaus. Desses, 72 foram nos espaços gerenciados pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), e apenas uma opção por cremação. Já nos cemitérios particulares, 19 enterros foram realizados. 

    Entre as causas das mortes do total de sepultamentos nos cemitérios públicos de Manaus, 25 foram declaradas como Covid-19 e nos espaços privados foram 11 registros de óbitos pelo novo coronavírus. 

    O município informa ainda que houve o registro de 12 óbitos em domicílio e que, do total de sepultamentos nos cemitérios públicos neste dia, 17 foram atendidos pelo serviço SOS Funeral, coordenado pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    PL que revoga aumento de salário de vereadores é protocolado na CMM

    Parlamentares divergem sobre medidas extremas de combate à Covid-19

    David Reis é eleito presidente da Câmara Municipal de Manaus