Fonte: OpenWeather

    Articulações políticas


    Em Manaus, Arthur Lira confirma Marcelo Ramos como vice de sua chapa

    O candidato à presidência da Câmara dos Deputados elogiou a união da bancada do Amazonas e firmou compromisso com ZFM e BR-319

     

    Os deputados cumprem agenda para firmar alianças para a eleição da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados
    Os deputados cumprem agenda para firmar alianças para a eleição da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados | Foto: César Gomes

    Manaus - Em cumprimento à agenda de viagens para conquistar apoio para a eleição na Câmara dos Deputados, o deputado federal Arthur Lira (PP-AL) esteve em Manaus e realizou coletiva de imprensa para falar sobre as políticas de desenvolvimento do Amazonas, especialmente relacionadas à infraestrutura da BR-319 e à Zona Franca de Manaus (ZFM), nesta quinta-feira (7). Com o apoio de sete dos oito deputados da bancada amazonense, Lira afirmou que pretende concretizar as obras da BR-319.

    Arthur Lira aproveitou a ocasião para destacar como pretende trabalhar caso seja eleito: realizando discussões transparentes, sem distinção entre ideologias políticas, com um plenário funcionando com plenitude e soberania, para que dentro de uma maioria construída o texto saia da melhor maneira possível, respeitando a proporcionalidade partidária.

    "A fortaleza de cada estado está na escolha correta de seus representantes, não é na eleição do presidente da Câmara. Nós vamos fazer o que nós estamos nos predispondo. Se nós fizermos o feijão com arroz simplesmente, sem querer inventar moda, dando oportunidade do debate", declarou o parlamentar.

    O candidato à presidência da Câmara explicou que os planos para a BR-319 sofreram atrasos pelo veto ao orçamento, mas que irá retomar as demandas da obra de infraestrutura ao adicionar emendas impositivas, aquelas em que o Poder Executivo é obrigado a realizá-las, à Lei Orçamentária Anual de 2021.

    "A questão da BR-319 é muito mais orçamentária, do que política, e o orçamento que eu defendo, que já defendi ano passado, que nós aprovamos e em uma desarrumação entre a articulação do Governo [Federal] e o Congresso, o Governo vetou e por causa da pandemia não conseguimos derrubar o veto e não conseguimos trabalhar presencialmente para conseguir consenso. Nós traremos as demandas, como a bancada do amazonas vai trazer para a BR-319, e no orçamento impositivo, seja de bancada, de comissão, do relator-geral, nós vamos alocar recursos para concretizar essa obra", disse.

    Sobre a ZFM, Lira afirmou que tem a intenção de alavancar o desenvolvimento da região, em comunhão com a oferta de empregos. “Nós temos que explorar o que nós temos de melhor aqui na Amazônia, nós temos uma capacidade de biotecnologia, de indústrias farmacêuticas, de trabalhar a geração de crédito de carbono, todo mundo quer preservar a Amazônia e nós queremos também, mas nós queremos também o nosso povo desenvolvido, todos usufruindo do maior bem que nós temos no planeta”, disse.

    Disputa na Câmara 

    Composta por 513 deputados federais, a Casa Legislativa se dividiu em dois grandes blocos na disputa, sendo um deles liderado pelo atual presidente da Casa, deputado federal Rodrigo Maia (DEM), com o apoio de pelo menos mais 11 siglas, como o Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Democratas, Movimento Democrata Brasileiro (MDB) e Partido Social Liberal (PSL). Com essa união do centro, esquerda e direita, Maia pode conseguir maioria dos votos da Câmara e eleger o indicado do bloco, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP).

    O candidato à presidência da Casa Legislativa estava acompanhado do deputado federal Marcelo Ramos (PL), que ocupa 1ª vice-presidência da chapa, e do líder do governo na Câmara, deputado Alberto Neto (Republicano). Na ocasião, Ramos destacou que uma das expectativas para a ZFM é o investimento no desenvolvimento de uma bioindústria para potencializar os produtos da Amazônia, além de uma indústria de software.

    "Vamos nos dar as mãos para tentar viabilizar, definitivamente, as licenças e os recursos necessários para a pavimentação da BR-319, que é a chance que nós temos de ligar o Amazonas ao Brasil, por meio rodoviário, e também o apoio ao nosso modelo de desenvolvimento, que gera emprego e renda para o povo do Amazonas, que é a Zona Franca de Manaus. Nós temos consciência coletiva, e já dissemos isso ao deputado Arthur Lira, que a Zona Franca precisa ser modernizada e precisa aumentar o seu mix de produtos", argumentou.

    Também acompanharam a coletiva, os parlamentares Luis Tibé (Avante-MG), Celso Sabino (PSDB-PA), Margarete Coelho (PP-PI), Cláudio Cajado (PP-BA), Dr. Luiz (PP-RJ), Elmar Nascimento (DEM-BA) e André Fufuca (PP-MA). Os deputados federais Silas Câmara (Republicanos-AM), Bosco Saraiva (Solidariedade-AM), Sidney Leite (PSD-AM), Átila Lins (PP-AM) e Delegado Pablo (PSL-AM) são os deputados da bancada da favor de Lira. Apenas José Ricardo (PT-AM) se opõe ao candidato.

    Vacina

    Durante a coletiva, Lira afirmou ainda que, caso seja eleito, dará velocidade às articulações com o Governo Federal para que o Amazonas, que se encontra na fase roxa de risco da Covid-19, tenha prioridade para o início do processo de imunização contra a doença. "Que se comece por aqui, é um critério, uma luta que podemos fazer e que faremos. É lamentável, mas é o que estamos vivendo, é apertar a Saúde para que tenha a vacinação e que se inicie pelo Amazonas", afirmou Lira.

    Apoio 

    O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) declarou apoio ao deputado Arthur Lira, após se reunir com o candidato para debater temas como o apoio da Câmara Federal ao modelo de desenvolvimento regional Zona Franca de Manaus. "Cremos e acreditamos na eleição do deputado Arthur Lira, como alguém que possa também ajudar a Zona Franca de Manaus”, disse David. 

    Leia Mais:

    Bancada amazonense se articula para eleição na Câmara

    David Almeida declara apoio a Arthur Lira, para presidência da Câmara

    Baleia Rossi lança sua candidatura à presidência da Câmara