Fonte: OpenWeather

    Imunização


    Ramos apela ao Ministério da Saúde por vacinação em massa no AM

    Segundo o parlamentar, a vacinação em massa irá proteger a vida dos amazonenses e a saúde dos brasileiros

     

    Para o deputado, é preciso unir esforços para contenção a nova cepa do vírus
    Para o deputado, é preciso unir esforços para contenção a nova cepa do vírus | Foto: Divulgação

    Manaus - O vice-presidente da Câmara, deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) fez um apelo, nesta quarta-feira (10) ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para que envie ao Amazonas cerca de 1 milhão de vacinas, o suficiente para o imunizar a população de Manaus com mais de 18 anos. Segundo o parlamentar, a vacinação em massa irá proteger a vida dos amazonenses e a saúde dos brasileiros. 

    “Meu grito de socorro se justifica porque o meu estado vive a maior tragédia de sua história, em que milhares de amazonenses morrem de Covid pela falta de oxigênio e de um atendimento adequado. Como não temos como vacinar com celeridade todo o país, preservamos vidas dos amazonenses e dos brasileiros. Isso porque a imunização em massa serviria como uma barreira sanitária, evitando que essa nova cepa do vírus, mais contagiosa, se espalhe por todos os estados brasileiros”, disse o deputado. 

     Segundo Marcelo Ramos, diante do drama que persiste no Amazonas, que ainda apresenta altos taxas de mortes e de contágio, é preciso unir esforços para contenção da nova cepa do vírus. “Para que o povo do meu estado possa voltar a respirar e para que a tragédia não se multiplique, faço esse apelo, também aos governadores, para que entendam que o que proponho não é a proteção única e exclusiva da população do meu estado, mas uma medida de proteção ao Brasil”, reafirmou.

    Mutirão de vacinação

    O vice-presidente da Câmara também ressaltou, ainda, que as pessoas que tiveram contato com os pacientes do Amazonas removidos para tratamento em outros estados também devem ter prioridade na vacinação. O deputado acredita que um grande mutirão de vacinação, que envolva os governos federal e estadual, Prefeituras, Vigilância Sanitária e o Exército Brasileiro, poderá evitar que a grave onda do Amazonas se alastre para todos os estados da federação.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Deputado Marcelo Ramos articula envio de 1 milhão de vacinas para AM

    Marcelo Ramos é eleito 1º vice-presidente da Câmara com 396 votos

    Parlamentares recomendam cautela no debate sobre privatizações