Fonte: OpenWeather

    Ampliação de UTI


    Deputado pede abertura de leitos em cidades com 50 mil habitantes

    O projeto de lei já está em tramitação na Câmara dos Deputados

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus - O deputado federal Alberto Neto (Republicanos) propôs o Projeto de Lei (PL) que prevê a obrigatoriedade para abertura de leitos de UTI em municípios com mais de 50 mil habitantes em todo Brasil. 

    O PL 210/2021 já está em tramitação e o deputado quer urgência na apreciação do texto. Para ele, os cidadãos não podem esperar outra onda de pandemia para serem assistidos às pressas, como tem ocorrido no Amazonas, onde os doentes estão sendo levados de avião para outros estados com leitos disponíveis. 

    “O Amazonas está vivendo uma verdadeira operação de guerra para salvar vidas, o Ministério da Saúde montou uma grande ação de transferências dos pacientes para outros estados e a abertura de leitos clínicos e leitos de UTI nos hospitais de Manaus. Mas, sabemos que essa medida precisa ser constante e não apenas no pico da Covid-19”, reforçou. 

    Projeto de Lei

    O projeto prevê a abertura de leitos de UTI suficientes para atender a demanda em municípios com ou mais de 50 mil habitantes. Já nos municípios com ou mais de 100 mil habitantes essa quantidade de leitos de UTI proporcional deve ser dobrada, a fim de atender as populações das cidades adjacentes com menos de 50 mil habitantes. 

    Em municípios com 50 mil habitantes serão criados entre 5 e 10 leitos de UTI, e os municípios com 100 mil habitantes terão entre 15 e 25 leitos de UTI. Esses leitos poderão ser disponibilizados para outros municípios conforme a demanda.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Deputado Alberto Neto defende vacinação em massa no Amazonas

    Pazuello visita Manaus para anunciar novas ações de combate a pandemia

    Deputado presta apoio a familiares de pacientes de Covid-19em Manaus