Fonte: OpenWeather

    Benefício


    Alemão propõe inclusão de profissionais da cultura em Auxílio Manauara

    Segundo o vereador, a maioria dos profissionais passam por dificuldades em consequência da pandemia

     

    A inserção seria feita via cadastro exclusivo, já disponibilizado pelo Executivo
    A inserção seria feita via cadastro exclusivo, já disponibilizado pelo Executivo | Foto: Divulgação

    Manaus - O vice-presidente da 9ª Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico (COMCPH/CMM), William Alemão (Cidadania), apresentou nesta terça-feira (16), uma indicação para que a Prefeitura de Manaus inclua os profissionais de cultura da cidade, no programa Auxílio Manauara.

    A inserção seria feita via cadastro exclusivo, já disponibilizado pelo Executivo, por meio da Lei Aldir Blanc, que dispõe de ações emergenciais destinadas ao setor cultural para ser adotadas durante o estado de calamidade pública. 

    A proposta foi socializada durante a sessão plenária, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), e visa atender ao apelo de quase 4 mil pessoas, divididas nas mais diversas categorias. 

    “Esse apoio pode advir dos mesmos recursos que seriam destinados pela Manauscut para eventos como Carnaval, festividades juninas e feiras gastronômicas”, sugeriu William Alemão. 

    As referidas verbas já teriam sido contingenciadas pela Secretaria Municipal de Finanças (Semef) e colocadas em disponibilidade para uso, pelo poder público municipal, segundo informou o vereador.   

    William Alemão destacou, ainda, que a maioria dos profissionais passam por dificuldades, justamente em consequência da pandemia do novo coronavírus. O parlamentar ressaltou que tem trabalhado nesse projeto de ajuda há quase 30 dias, justamente para tentar assistir um número máximo de profissionais. 

    “Ainda não temos uma previsão sobre a volta desses eventos; não há uma luz no fim do túnel sobre isso. Portanto, como já foi dito por mim anteriormente, o dinheiro da cultura deve ir para a cultura”, disparou Alemão. 

    Subsídio

    Pela lei Aldir Blanc, a renda emergencial mensal é destinada aos trabalhadores e trabalhadoras da cultura, como subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações culturais comunitárias que tiveram as suas atividades interrompidas por força das medidas de isolamento social. 

    Auxílio 

    Já o Auxílio Manauara, que foi criado pela Prefeitura de Manaus, destina R$ 200, durante 12 meses, para 40 mil famílias em vulnerabilidade social. “Podemos utilizar esses mecanismos para estender a mão aos nossos artistas”, argumentou Alemão.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Vereador defende retorno das atividades não essenciais no AM

    Alessandra Campelo propõe audiência pública para o setor cultural

    Mayara sugere criação de programa para conceder benefícios a empresas