Fonte: OpenWeather

    Mandato


    Deputada Nejmi Aziz comemora 100 dias de mandato na Aleam

    A deputada também requereu ao governo estadual a vacinação contra Covid-19 para diversos profissionais que atuam na linha de frente de combate ao coronavírus

     

    A parlamentar também esteve á frente de ações que potencializaram o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social
    A parlamentar também esteve á frente de ações que potencializaram o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social | Foto: Divulgação

    Nesta semana a deputada estadual Nejmi Aziz (PSD) completou os primeiros cem dias de mandato na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Oficialmente empossada após a renúncia do ex-deputado Augusto Ferraz para assumir a prefeitura de Iranduba, a deputada iniciou o ano de 2021 apresentando projetos e requerimentos de prioridade para o enfrentamento dos efeitos da pandemia da Covid-19.

    A parlamentar também esteve á frente de ações que potencializaram o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar do Amazonas.

    Fruto de sua história pública, no seu primeiro mandato como deputada estadual foi convidada a presidir a Comissão de Assistência Social e Trabalho (Cast) e iniciou seu trabalho na Comissão mobilizando uma campanha solidária em favor das famílias que passam por insegurança alimentar nesse período de dificuldades causadas pela pandemia.

    Nejmi intermediou doações de cestas básicas junto ao Governo do Estado e o empresariado amazonense, dentro do segmento de grandes redes de supermercados e saúde

    A rede solidária da deputada Nejmi garantiu a entrega de mais de 13 mil cestas básicas às famílias em vulnerabilidade social atendidas por 42 OSCs do Amazonas.

    “O governador foi muito sensível quando atendeu ao meu requerimento solicitando que cestas básicas fossem distribuídas às famílias atendidas pelas OSCs, no amparo às crianças, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiências, credenciadas na Assistência Social do Estado. Mas não posso deixar de destacar o trabalho solidário dos empresários amazonenses que já fazem esse trabalho de doação e que contribuíram bastante para esse movimento”, disse a deputada.

    Nejmi também requereu ao governo estadual a vacinação contra Covid-19 para diversos profissionais que atuam na linha de frente de combate ao coronavírus no Amazonas, como por exemplo: para policiais civis, policiais militares, bombeiros militares e civis e guardas municipais.

    Além de defender a vacinação prioritária para profissionais da educação, da assistência social e para outros profissionais que estão diariamente nas ruas executando serviços considerados essenciais, como os profissionais motoristas e cobradores do transporte coletivo e trabalhadores de entrega delivery. Ainda nas demandas da saúde, a deputada requereu o início das ações estratégicas de combate às doenças H1N1, dengue, zika vírus e chikungunya.

    “É só o início de muito trabalho que tenho me dedicado como deputada estadual e presidente da Comissão de Assistência Social e Trabalho. Estamos agora reunindo, via online, com os diversos segmentos ligados aos movimentos de assistência social e trabalho para ouvi-los e colhermos as demandas mais urgentes” declarou Nejmi.

    Requerimentos

    Demandas voltadas à recuperação da economia amazonense foram pautas de requerimentos da deputada Nejmi, como o auxílio emergencial às famílias em estado de vulnerabilidade social afetadas pelas inundações dos rios do interior do Amazonas; a ampliação do prazo de pagamento do IPVA e licenciamento de veículos do ano de 2021; redução da alíquota do ICMS incidente sobre a gasolina e o gás de cozinha e também a emissão gratuita de carteiras de identificação estudantil física ou digital aos alunos da rede pública de ensino e a emissão da carteira de identidade digital no Estado do Amazonas.

    Um assunto que mobilizou o parlamento e que contou com aprovação da deputada Nejmi foi a o Projeto de Lei do novo marco regulatório para o gás natural no Amazonas, que vai garantir mais transparência, maior competitividade de mercado e reposicionamento do Estado como destaque pelo ambiente favorável a investimentos no setor de hidrocarbonetos e que pode gerar 48 mil novos empregos no Amazonas.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Associação dos membros do MP-AM ganha novo presidente

    Omar Aziz é indicado para presidência da CPI da Covid no Senado

    Deputados alertam para retorno na 2ª dose da vacina contra Covid no AM