Fonte: OpenWeather

    Gastos


    Governo sanciona Orçamento 2021 com vetos de R$ 20 bilhões

    Segundo informações do Ministério da Economia, o presidente vetou R$ 19,8 bilhões em despesas

     

    A publicação do Orçamento veio após longo impasse, que começou com a aprovação do orçamento pelo Congresso
    A publicação do Orçamento veio após longo impasse, que começou com a aprovação do orçamento pelo Congresso | Foto: Divulgação


    O Palácio do Planalto informou por meio de um comunicado à imprensa que o presidente Jair Bolsonaro sancionou na quinta-feira (22) o Orçamento de 2021. O anúncio foi seguido da publicação da sanção no Diário Oficial da União.

    A publicação do Orçamento veio após longo impasse, que começou com a aprovação do orçamento pelo Congresso, em março. O texto chancelado pelos congressistas foi amplamente negociado com o governo, ainda assim, foi considerado uma “obra de ficção”, capaz de configurar crime de responsabilidade se tivesse sido executado - já que não previ a cobertura de gastos obrigatórios.

    Segundo informações do Ministério da Economia, o presidente vetou R$ 19,8 bilhões em despesas - que não serão mais executadas - e bloqueou outros R$ 9 bilhões, valor que pode vir a ser desbloqueado ao longo do ano, na hipótese de novas projeções indicarem existir espaço no teto de gastos.

    *Com informações do Congresso em Foco

    Leia Mais:

    Bolsonaro recebe título de Cidadão Amazonense das mãos de Wilson Lima

    ‘Imaginem a pandemia com Haddad presidente’, ataca Bolsonaro em Manaus

    Bolsonaro inaugura nova etapa de centro de convenções em Manaus