Fonte: OpenWeather

    Denúncia


    Rodrigo Guedes registra BO contra Sindicato dos Rodoviários

    Segundo o parlamentar, em vídeo, um sindicalista comentou que iria “passar o sal” no vereador, enquanto outro disse que ia passar por cima no vereador com o ônibus

     

    As ameaças direcionadas ao parlamentar foram publicadas após o Sindicato ter se manifestado com um vídeo nas redes sociais
    As ameaças direcionadas ao parlamentar foram publicadas após o Sindicato ter se manifestado com um vídeo nas redes sociais | Foto: Divulgação

    O vereador Rodrigo Guedes (PSC) realizou um Boletim de Ocorrência (BO), nesta terça-feira (30), contra o Sindicato dos Rodoviários de Manaus, por incitação à violência e ameaça. O vereador destacou que este tipo de ação por parte da entidade a um membro do Poder Legislativo municipal é inaceitável e não pode passar impune.

      "Toda aquela pessoa que comete um crime, precisa responder por ele. Está muito claro que houve a prática do crime de ameaça e incitação ao crime. Isso é uma clara tentativa de calar um parlamentar e calar a democracia. Obviamente que isso não vai me intimidar, mas ao mesmo tempo ele não pode deixar de responder pelas claras ações cometidas. Vou continuar meu trabalho de fiscalização e eles vão responder criminalmente pelos crimes de ameaça, incitação à violência, entre outros", afirmou o parlamentar.  

    As ameaças direcionadas ao parlamentar foram publicadas após o Sindicato ter se manifestado com um vídeo nas redes sociais, na segunda-feira (29), onde o vice-presidente do Sindicato, Josildo Oliveira, aparece acompanhado de outros motoristas também integrantes da entidade e chamam o vereador de “irresponsável” e “mau caráter”.

    Outro sindicalista comentou que iria “passar o sal” no vereador, enquanto outro disse que ia passar por cima no vereador com o ônibus. 

    Segundo o vereador, os ataques começaram após o parlamentar publicar um vídeo em suas redes sociais, em que abordou um motorista de ônibus e pediu que o mesmo voltasse para buscar uma passageira idosa, por ter sido ignorada pelo condutor enquanto estava no ponto de ônibus.

    Em outra publicação na página do Sindicato, a entidade se referiu a Guedes como “vagabundo, oportunista” e acusando o vereador de humilhar o motorista de transporte coletivo, o que não ocorreu, como se pode constatar com o vídeo publicado pelo parlamentar em suas redes sociais. 

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Comunidade LGBTQIA+ reivindica atenção das casas legislativas do AM

    Políticos do AM pedem penas mais duras para presos

    Conselho de Ética da Câmara aprova suspensão de Daniel Silveira