Fonte: OpenWeather

    SUSTENTABILIDADE


    Marcelo Ramos representa Câmara em evento sobre cidades inteligentes

    Intercâmbio busca cooperação em. momento que o Congresso discute marco regulatório sobre tema

     

    Ramos atendeu a convite do Instituto Sociocultural Brasil China, e da Fira de Barcelona.
    Ramos atendeu a convite do Instituto Sociocultural Brasil China, e da Fira de Barcelona. | Foto: divulgação

    Barcelona - Após a Conferência do Clima da ONU– COP-26, e a Expo Dubai – evento da indústria internacional, o vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos representou o parlamento federal no Smart City Expo World Congress, o maior evento sobre cidades inteligentes do mundo.

    "

    As cidades inteligentes são fundamentais para reduzir os custos com a máquina pública. Mais atentas às soluções tecnológicas, são, ainda, estas cidades são mais capazes de oferecer melhores serviços públicos aos cidadãos. "

    Marcelo Ramos, deputado

     

    Ramos atendeu a convite do Instituto Sociocultural Brasil China, e da Fira de Barcelona. 

      A ideia, segundo Marcelo Ramos, é buscarmos uma ampla cooperação internacional em benefício do Brasil e dos brasileiros, justamente no momento que o Parlamento Federal discute a consolidação e a atualização de marcos regulatórios relacionados ao tema, como a instituição da Política Nacional de Cidades Inteligentes.  

    O Projeto de Lei nº 976/21 que pretende instituir a Política Nacional de Cidades Inteligentes foi aprovado no final de outubro pela Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados.

    O texto estipula princípios, diretrizes, objetivos e metas para a implantação de cidades inteligentes que atraiam soluções e tecnologias na gestão de serviços e infraestrutura dos municípios brasileiros, como saneamento, saúde e transporte.

    O deputado, que apresentou à comunidade internacional a agenda proativa do parlamento, com destaque ao projeto de lei para regulamentar o mercado de carbono no Brasil e o anteprojeto de Lei do Bioma Amazônico, planeja utilizar as experiências adquiridas nas três missões institucionais para lançar uma frente parlamentar ampla no Congresso Nacional com o objetivo de incentivar e fomentar o desenvolvimento de smart cities assim que retornar ao país.

    Leia mais:

    EDITORIAL: A indústria verde na COP 26

    Governo segurou dados sobre desmatamento na Amazônia para após a COP

    Comitiva de investidores alemãs visita Sistema de Meio Ambiente do AM