Fonte: OpenWeather

    articulista


    Articulista do Em Tempo receberá a Medalha de Ouro Cidade de Manaus

    A Câmara Municipal de Manaus (CMM) concederá a Medalha de Ouro Cidade de Manaus ao Auditor Fiscal de Tributos Estaduais Augusto Bernardo Sampaio Cecílio

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - A Câmara Municipal de Manaus (CMM) concederá a Medalha de Ouro Cidade de Manaus ao Auditor Fiscal de Tributos Estaduais Augusto Bernardo Sampaio Cecílio como reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à sociedade manauara. 

    O evento será realizado no dia 02 de dezembro de 2021, no Plenário Adriano Jorge, Paço Municipal dos Manaós, na Rua Padre Agostinho Caballero Martin, nº 850, bairro São Raimundo, Zona Oeste da cidade.

    Essa é a mais alta honraria concedida pela CMM, e é fruto de uma propositura apresentada pelo vereador professor Samuel Monteiro (PL), com base no Artigo 173, inciso IV, do Regimento Interno da CMM foi aprovada e promulgada no Decreto Legislativo número 543, de 6 de outubro de 2021.

    Para o auditor fiscal Luiz Diaz, coordenador do ENCAT (Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais), “Essa é uma justa homenagem a quem se dedica muito à Educação Fiscal. A atuação de Augusto Bernardo dignifica a nossa categoria e é reconhecida nacionalmente”.

    Augusto Cecílio, articulista do Em Tempo, que é auditor fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas desde março de 1990 e professor aposentado pela Seduc, onde atuou também como Diretor da Escola Petrônio Portella, é coordenador da Campanha Nota Fiscal Amazonense e do Programa de Educação Fiscal no Amazonas.

    "É com profunda gratidão que recebo a indicação feita pelo Vereador Professor Samuel Monteiro, compartilhando com cada colega essa honraria que se reveste de dupla importância porque homenageia duas categorias fundamentais para a sociedade: os auditores fiscais e os professores” disse o homenageado.

    Sobre o homenageado

    Augusto é amazonense de Parintins, formado em Direito, Administração e Estudos Sociais pela Universidade Federal do Amazonas, com especialização em Direito Tributário pela Fundação Getúlio Vargas.   

    É auditor fiscal de tributos estaduais da Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas desde 1990 e professor aposentado pela Seduc, onde atuou também como Diretor da Escola Petrônio Portella.  

    Contribuiu para a construção do Programa Nacional de Educação Tributária (hoje denominado Educação Fiscal).   

    No final de 1997 já estava presente na primeira reunião nacional em Brasília, cujo grupo, formado por representantes das Secretarias de Fazenda, começava a montar o Programa Nacional no formato atual. 

    Seu nome consta na Portaria nº 35, de 27 de fevereiro de 1998, como representante do Amazonas no recém-criado Grupo de Trabalho de Educação Tributária, com o objetivo de promover e coordenar as ações necessárias à elaboração e à implantação de um programa nacional permanente de educação tributária, além de buscar a integração das Secretarias Estaduais de Fazenda e de Educação com as demais instituições federais, estaduais e municipais.   

    Fundou em 1998 o Programa de Educação Fiscal no Amazonas. Articulou a participação da Sefaz, Seduc, Semed, Semef e Receita Federal do Brasil, formando o Grupo de Educação Fiscal do Estado do Amazonas, além de envolver outros parceiros.  Representou a Região Norte no Comitê Executivo do Programa Nacional. 

    Em 1999, coordenou a campanha Eu Quero A Nota! Foi presidente da Affeam (Associação dos Funcionários Fiscais do Estado do Amazonas) por dois mandatos, presidente do Conselho Fiscal da Febrafite e vice-presidente da Febrafite (Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais). 

    Atuou como diretor da Escola de Administração Tributária do Sindifisco-AM.   

    Desde dezembro de 2003 atua como articulista semanal de jornais e portais, além de publicações em revistas.  

    Em 2005 recebeu a Comenda da Ordem do Mérito Legislativo, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, na categoria Grande Mérito, por indicação do Deputado Liberman Moreno.  

    Em 2015 recebeu a Comenda da Ordem do Mérito Febrafite, por indicação do presidente Roberto Kupski, na abertura do 10º Congresso Nacional e 5º Internacional da Federação, realizado em Bento Gonçalves-RS, honraria entregue a cada dois anos a personalidades que contribuíram na busca da eficiência da Administração Tributária em benefício da sociedade.  

    Em 2016 recebeu o Título de Cidadão de Manaus, outorgado pela Câmara Municipal de Manaus, através de propositura do Vereador Professor Samuel Monteiro.  

    Em 2020 publicou o Livro Outros Olhares sobre a Educação Fiscal.  

    Atualmente, coordena a campanha Nota Fiscal Amazonense e o Programa de Educação Fiscal no Amazonas. 

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais: 

    Deputado do AM condena destruição de balsas de garimpeiros na Amazônia

    Robson Tiradentes e Sinésio Campos fiscalizam bairros em Coari

    Comitê de Prevenção e Combate à Corrupção do AM inicia reuniões