Fonte: OpenWeather

    eleição


    Promotores fiscalizam comícios na reta final da eleição em Coari

    Promotores Eleitorais e do GAECO, realizaram fiscalização referente às últimas manifestações em campanha dos candidatos que disputam a Prefeitura de Coari

     

    | Foto: Divulgação

    Coari (AM) - O Ministério Público Eleitoral, por meio dos Promotores de Justiça Thiago de Melo Roberto Freire e Márcio Pereira de Mello (também membro do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado - Gaeco), que atuam junto à 8ª Zona Eleitoral, realizou fiscalização geral nesta quinta-feira, 02/11, último dia de campanha para as eleições suplementares do próximo domingo (5) em Coari. O objetivo da ação foi garantir o cumprimento do horário limite para a realização das manifestações, em seu encerramento.

    A campanha eleitoral no município de Coari se iniciou em 6 de novembro. A Resolução do TRE-AM n. 24/2021 define que a propaganda eleitoral da eleição suplementar seja regulada, no que couber, pela Resolução TSE nº 23.610/2019 e pela Lei n° 9.504/97, exceto pela inexistência de propaganda eleitoral gratuita em rádio e televisão, devido ao exíguo período de campanha, sendo admitidos todos os demais meios legalmente previstos.

    A realização do pleito decorre da decisão do TSE proferida pelo Ministro Carlos Horbach, relator nos autos do Processo nº 0600296-31.2020.6.04.008, que determinou a imediata realização de novas eleições majoritárias em Coari/AM, com fundamento no art. 224, § 3º, do Código Eleitoral.

    Leia mais: 

    Em Novo Airão, parceria entre Governo e SEAS garante auxílio

    Coligação Ficha Limpa realiza último comício em Coari antes da eleição

    Mario de Mello é convidado para jantar com presidente da Colômbia