Fonte: OpenWeather

    Fogo no Parquinho


    Coluna do Amom: O Manual do Ativista

    Hoje sou político partidário, mas vim de movimentos sociais formados por voluntários. A política é mais ampla do que partidos e candidatos

     

    Mais jovem parlamentar eleito na história de Manaus, Amom Mandel é ativista social, político, e filantropo
    Mais jovem parlamentar eleito na história de Manaus, Amom Mandel é ativista social, político, e filantropo | Foto: Divulgação

    Escrever sobre educação política é como redigir um manual em branco. Não há uma forma certa ou única pra se fazer ativismo político. A única certeza na discussão é a de que precisamos de uma mudança e de que a política não pode se restringir aos gabinetes e assessores. Aqui vai a parte um da série de textos sobre como se manifestar contra as regalias, contra o COTÃO e a favor do que você acha necessário. Leia o texto pra saber mais.

    Hoje sou político partidário, mas vim de movimentos sociais formados por voluntários. A política é mais ampla do que partidos e candidatos. Um dos objetivos da coluna de Educação Política do Em Tempo é abordar, de forma aberta e acessível, os temas mais polêmicos. A imprensa séria reforça a democracia e os jornalistas têm importância social. 

    A forma mais comum de ativismo consiste na manifestação nas ruas. Mas não é a única. Cumpre dar publicidade, nesse caso, às ferramentas alternativas. Você sabia, por exemplo, que qualquer cidadão pode entrar com a chamada "ação popular" na justiça? Grandes coisas resultam desse tipo de ação – da suspensão do ENEM em alguns Estados à suspensão de obras milionárias.

    Em tempos de COVID-19 e de altas de casos, que tal pensar numa forma alternativa de manifestação popular? A indicação dessa semana é que deem uma olhada em todo tipo de material de estudo sobre a ação popular. A cada quatro parágrafos, nas colunas seguintes, trarei uma nova ferramenta pela qual você, cidadão, pode se manifestar ou fiscalizar melhor a iniciativa pública. É chato, mas necessário. E temos que começar de alguma forma. Te vejo na próxima coluna?

    Leia mais:

    Coluna do Amom Mandel: O homem que calculava

    2022 começa com desemprego, mas pode ser melhor, com vontade política

    O que o aumento do COTÃO muda na sua vida?