Fonte: OpenWeather

    Política


    Seis pré-candidatos de olho na Prefeitura de Barreirinha

    Em visita a Parintins, na última sexta-feira, Mecias Sateré disse que o candidato de seu grupo político será escolhido - foto: Tadeu de Souza
    Em visita a Parintins, na última sexta-feira, Mecias Sateré disse que o candidato de seu grupo político será escolhido - foto: Tadeu de Souza

    Parintins (AM) – A oito meses da eleição municipal deste ano, seis pré-candidatos afirmaram que irão disputar a Prefeitura de Barreirinha (distante 331 quilômetros de Manaus). A prefeitura é administrada desde 2008 pelo primeiro prefeito indígena do Baixo Amazonas, Mecias Batista (PSD), o Mecias Sateré.

    Em visita a Parintins, na última sexta-feira, Mecias Sateré disse que o candidato de seu grupo político será escolhido após uma pesquisa interna.

    “Em março vamos realizar a última pesquisa. Já fizemos duas e, após esta que será feita agora, vamos reunir o nosso grupo, os partidos políticos do nosso arco de aliança e anunciar o nome que vamos apoiar para sucessão municipal”, disse Sateré.

    O grupo do prefeito tem três nomes: o do vice-prefeito, Mário Carneiro (Pros), o assessor especial Jecinaldo Cabral (PSD) e o atual secretário de Educação do município, Francinaldo
    Matos (DEM).

    O prefeito disse que cada um dos pré-candidatos tem  liberdade para trabalhar o seu nome e disputar o apoio do grupo político “em pé de igualdade”.

    Ele confirmou que tem se reunido com partidos políticos aliados para ampliar o apoio ao PSD na disputa municipal. Um dos partidos que atualmente integram a base aliada em Barreirinha é o Partido dos Trabalhadores (PT), que dá sinais de apoiar o candidato que a situação lançar.

    De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Mecias Sateré foi eleito prefeito de Barreirinha, em 2008, com 3.666 votos, ou seja, 33,10% do eleitorado. Na época, ele era filiado ao PMN e disputou a Prefeitura de Barreirinha com outros quatro candidatos.

    Em 2012, já filiado ao PSD, Mecias Sateré foi reeleito ao Executivo ao receber 5.441 votos, ou seja, 43,67% dos votos válidos, segundo dados divulgados pela
    Justiça Eleitoral.

    Oposição

    A oposição também tem três nomes para a disputa eleitoral: Glênio Seixas (PMDB), vereador de segundo mandato e filho do ex-prefeito Gilvan Seixas, o comerciante Fabrício Rocha (PTN) e o ex-vice-prefeito José Augusto, o Nenga (PDT).

    Único oposicionista com mandato, Glênio Seixas é o herdeiro político do pai, Gilvan Seixas, que foi prefeito três vezes de Barreirinha.

    O comerciante Fabrício Rocha é estreante na política barreriense. Já o ex-vereador e ex-vice-prefeito José Augusto tem patrimônio eleitoral na “princesinha do Paraná do Ramos”.

    Fabrício Rocha é tido pelos políticos locais como o “nome” mais forte politicamente para enfrentar o grupo político de Mecias Sateré.

    Por Tadeu de Souza