Fonte: OpenWeather

    Higiene do Sono


    Higiene: saiba como a mudança de hábitos pode melhorar sua saúde

    Evitar aparelhos eletrônicos pode ser o primeiro passo para um sono mais completo

    Higiene do sono: saiba como a mudança de hábitos pode melhorar sua saúde e noites dormidas | Foto: Divulgação

    Dormir é uma das atividades mais prazerosas que existem. Infelizmente, para algumas pessoas, pensar em arrumar a cama tem sido motivo de mais estresse. Muitos acabam tendo alterações no sono devido à ansiedade e à depressão, mas existem dicas que podem ajudar a tornar esse processo mais fácil.

    Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros sofrem de insônia. Os efeitos de uma noite mal dormida prejudicam o rendimento no trabalho e o humor, além de se tornarem problemas ainda mais graves a longo prazo.

    Limpeza mental

    Quem sofre com a dificuldade em dormir, muitas vezes, refaz os acontecimentos do dia na mente, se preocupa além do normal com situações comuns, aumentando, assim, o índice de ansiedade.

    Uma noite mal dormida causa efeitos por dias, potencializando o estresse e dificultando que o processo normal do sono aconteça. 

    Pensando nessas pessoas e nos problemas mais comuns na hora de dormir, foi desenvolvida a higiene do sono. Ela nada mais é do que uma série de hábitos que podem variar de pessoa para pessoa com a intenção de facilitar o sono.

    Recomendada por especialistas, essa rotina proporciona um ambiente mental e físico adequados para a hora de dormir. A repetição dessas atividades ajudam o corpo a diferenciar os momentos de relaxamento, priorizando essa necessidade. 

    Dicas para um sono tranquilo

    Todos temos rotinas extremamente agitadas, que no exige atenção em múltiplas coisas simultâneas. Acostumado com tanto estresse, o cérebro precisa receber sinais que vão estimulá-lo a diminuir o ritmo, e, consequentemente, fazendo com que você descanse de verdade.

    Embora sejam dicas de especialistas, com base em estudos e técnicas comprovadas, cada pessoa tem seu próprio ritmo, sabendo exatamente o tipo de atividade que ajuda ou prejudica na hora de dormir.

    Ouvir música, por exemplo, pode ser muito bom para uns e extremamente impensável para outros. O ideal é combinar atividades que mantenham você relaxado antes de ir pra cama, aumentando a eficácia das técnicas apresentadas a seguir.

    Ambientes escuros

    Parece óbvio, mas muita gente acaba se esquecendo desse detalhe. O corpo humano tem como costume descansar à noite, dessa forma, em ambientes escuros, ficamos mais relaxados e propensos ao sono.

    Se você preferir, utilize pequenas luminárias de cores quentes, como amarelo e laranja. Elas transmitem sensação de conforto e ajudam a acalmar o corpo.

    Off-line

    Deixe de lado as notificações das redes sociais antes de dormir. Além de emitir luminosidade, os gadgets são tão carregados de informações que vão deixar você mais agitado, em vez de tranquilo para dormir. 

    A recomendação é desligar o Wi-Fi, sons e vibrações. O ideal é deixar o aparelho em outro cômodo, usando-o só no dia seguinte. Você pode utilizar um despertador à moda antiga.

    Cama é lugar de dormir

    Evite usar computador, ver filmes ou jogar videogames na cama. O cérebro associa lugares às atividades, e a cama deve ser o lugar para desligar, pelo menos momentaneamente os pensamentos. 

    Criar uma biblioteca de cabeceira também é válido. A leitura, por ser uma atividade repetitiva, desacelera o ritmo mental e induz sonolência. 

    Crie um ritual de descanso

    Ao chegar em casa, revise atividades para o dia seguinte, evitando fazer isso na hora de deitar. Alimentação leve, banhos quentes e roupas confortáveis podem ser outros bons modos de dizer ao corpo para diminuir o ritmo até o momento de dormir. 

    Se mesmo após seguir as dicas seu sono seguir prejudicado, é recomendado procurar um profissional que possa investigar outras possíveis causas. O sono afeta a saúde, mas também pode ser afetado por ela.