Fonte: OpenWeather

    Mudanças


    Coronavírus provoca mudanças na rotina da população amazonense

    Escolas e universidades suspenderam as aulas a fim de evitar a propagação do vírus

    O Brasil registrou a primeira morte causada pelo Coronavírus
    O Brasil registrou a primeira morte causada pelo Coronavírus | Foto: TV Em Tempo

    Manaus - O Brasil registrou nesta terça-feira (17) a primeira morte pelo novo Coronavírus em São Paulo. A vítima foi um paciente idoso que tinha doenças crônicas. Em Manaus, a rotina de milhares de famílias mudou completamente desde a suspensão das aulas nas escolas públicas do município e do estado.

    O homem de 62 anos, natural de São Paulo, sofria de diabetes e hipertensão. Ele morreu nas primeiras horas da terça-feira (17), após complicações respiratórias. Segundo o Ministério da Saúde, já são mais de 230 casos confirmados do covid-19 em território nacional.

    Desde a sexta-feira da semana passada (13), quando foi confirmado o primeiro caso do Amazonas, a prefeitura de Manaus decretou situação de emergência. Nesta segunda, o prefeito Arthur Neto anunciou a antecipação das férias nas escolas municipais. O governador Wilson Lima decretou a suspensão das aulas por quinze dias.

    Instituições de ensino suspenderam as aulas
    Instituições de ensino suspenderam as aulas | Foto: TV Em Tempo

    Com universidades e instituições de ensino paradas, a rotina da cidade mudou. O trânsito nesta terça-feira amanheceu mais tranquilo. Milhares de crianças tiveram que ficar em casa com os avós, enquanto os pais foram ao trabalho. Em casa, a rotina é de brincadeiras e distrações, para evitar o estresse do confinamento.

    Nas escolas privadas, a realidade é diferente. Apenas 90% das instituições de ensino aderiram a suspensão das aulas. Outras, fazem o ensino a distância, por meio de aplicativos e plataformas digitais. O Sindicato das Escolas Particulares emitiu nota recomendando a suspensão das atividades por duas semanas e a readaptação dos calendários escolares.

    Pelo menos 85 países fecharam escolas em todo o território para tentar conter a disseminação do novo Coronavírus. A medida teve impacto em mais de 776,7 milhões de crianças e jovens, segundo a Unesco. Dezenove crianças já morreram, no mundo, pela covid-19. A Organização Mundial de Saúde defende testes em massa e o isolamento social para conter a pandemia.

    | Foto: TV Em Tempo

    Assista a reportagem da TV Em Tempo:

    Confira a reportagem | Autor: Alex Costa/ TV Em Tempo
     

    *Texto WEB: Marhia Edhuarda Bessa