Rinoplastia


Rinoplastia masculina e feminina: saiba dicas e cuidados

A cirurgia plástica de nariz é a quarta mais realizada no mundo

A cirurgia pode durar de três a cinco horas
A cirurgia pode durar de três a cinco horas | Foto: reprodução

Manaus - Sonho de consumo de muitas pessoas que não gostam do vêem no espelho quando o assunto é nariz, a Rinoplastia estética, conhecida popularmente como cirurgia plástica no nariz, é um procedimento muito realizado tanto por mulheres quanto por homens. Ambos desejam melhorar a harmonia entre o nariz e a face e, consequentemente, aumentar a autoestima, autoconfiança e a qualidade de vida.

Segundo o otorrinolaringologista da Clínica Dolci em São Paulo e professor da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Dr. Eduardo Landini Lutaif Dolci, as mudanças que podem ser feitas neste procedimento, que já é o quarto mais realizado no mundo, são várias.

“É possível diminuir ou aumentar o tamanho, alterar a forma do dorso (parte de cima do nariz), corrigir uma ponta caída ou muito grande, alterar o tamanho das narinas, entre outros. Entretanto, algumas questões sobre os traços característicos de cada sexo precisam ser respeitadas".

As primeiras ações fundamentais neste procedimento são as de avaliar as estruturas do nariz, os ossos e as cartilagens e, acima de tudo, respeitar a harmonia do rosto do paciente.

O cuidado está principalmente em escolher um profissional que avaliará quais procedimentos serão feitos
O cuidado está principalmente em escolher um profissional que avaliará quais procedimentos serão feitos | Foto: reprodução

“As mulheres geralmente possuem um rosto mais delicado, o que permite traços mais leves  e arredondados como um ângulo entre nariz e lábio de 95 a 105 graus. Já nos homens pode se seguir uma forma mais reta e marcante, até incluindo uma discreta elevação na parte superior para dar mais naturalidade ao visual”, explica o otorrinolaringologista.

Vale lembrar que, independente do sexo do paciente que vai realizar a Rinoplastia, é muito importante também que ele pesquise e escolha um especialista que tenha competência e entendimento do que seria o seu resultado ideal e o que é possível ser mudado.

Além disso, a cirurgia deve ser realizada somente em ambiente hospitalar, sob anestesia geral e com duração que varia de acordo com as deformidades encontradas, podendo durar de três a cinco horas.

“Feito o procedimento, o paciente precisa ter paciência e seguir corretamente todas as orientações sugeridas pelo seu médico, pois o resultado final também dependerá de um pós-operatório bem realizado”, finaliza Dolci.  

*Com informações da assessoria